Supervalorização põe dólar acima de outras moedas; entenda | Pesquisas e Estatísticas | PANROTAS
PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Supervalorização põe dólar acima de outras moedas; entenda

Divulgação/Pixabay

O dólar estadunidense tem sido supervalorizado em relação a outras importantes moedas à medida que as tensões comerciais no mundo têm acirrado. Segundo mais recente índice da The Economist, o euro e a libra esterlina estão subvalorizadas, com percentuais de 14,1% e 23,2%, respectivamente. Já a o real brasileiro tem uma desvalorização de 20,1%.

A metodologia adotada é bastante simples: a pesquisa comparou o preço de um hambúrguer no dólar e outras importantes moedas globais. "Um Big Mac custa 3,19 libras no Reino Unido e US$ 5,51 nos Estados Unidos. A taxa de câmbio implícita é de 0,58. A diferença entre este e a taxa de câmbio real é de 0,75 e sugere que a libra esterlina está 23,2% subvalorizada", explica o relatório.

O índice, que analisa se as moedas globais estão no nível "correto", se baseia na teoria da paridade do poder de compra (PPC). Nele, o levantamento analisa no longo prazo que as taxas de câmbio deveriam avançar em direção ao que igualaria os preços de uma cesta idêntica de bens e serviços em dois países — e, neste caso, a referência é um Big Mac.

Entre as moedas valorizadas em relação ao dólar, despontam apenas o franco suíço (19%) e a coroa sueca (6%). Em contrapartida, a maior queda em comparação a janeiro foi o peso argentino, cujo recente colapso em relação ao dólar o levou de uma subvalorização de 25% para 51%.

O relatório completo, incluindo os dados mais recentes e gráficos interativos para 55 países, mais a zona da área do euro, está disponível em inglês neste link.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA