Interamerican e FecomercioSP iniciam estudo sobre novo viajante; participe

|

Marcelo Camargo/Agência Brasil
Ideia é entender como a pandemia de covid-19 afetou e mudou os perfis e os hábitos dos viajantes na América Latina
Ideia é entender como a pandemia de covid-19 afetou e mudou os perfis e os hábitos dos viajantes na América Latina
Para entender como a pandemia de covid-19 afetou e mudou os perfis e os hábitos dos viajantes na América Latina, o Conselho de Turismo da FecomercioSP e a Interamerican Network uniram-se para produzir uma pesquisa que pretende entender o cenário atual dos consumidores de viagens e mostrar caminhos mais claros para que as empresas do setor possam se preparar e adaptar.

A pesquisa já está em andamento e pode ser respondida até o dia 9 de novembro.

Mariana Aldrigui, a presidente do Conselho de Turismo da FecomercioSP
Mariana Aldrigui, a presidente do Conselho de Turismo da FecomercioSP
“Somente por meio de pesquisas sérias e dados confiáveis é que poderemos estruturar análises bem fundamentadas sobre as perspectivas do Turismo, auxiliando as decisões dos empresários do setor. Estamos em um momento em que as informações são uma necessidade estratégica", explica a presidente do Conselho de Turismo da FecomercioSP, professora e pesquisadora da USP, Mariana Aldrigui.

Divulgação
Danielle Roman, CEO da Interamerican Network<br><br>
Danielle Roman, CEO da Interamerican Network

Danielle Roman, CEO da Interamerican Network, afirmou que esse estudo, o segundo feito pela organização, agregará sua expertise na análise dos dados para o setor. Danelle explica que os escritórios da agência no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Peru e México vão aplicar a pesquisa em seus mercados para uma visão regional, não apenas brasileira. “Vamos poder comparar esses resultados com aqueles da pesquisa que realizamos no primeiro semestre, o que trará informações muito ricas”, completa a executiva.

DADOS
Um levantamento do Conselho de Turismo da FecomercioSP, com base em números divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que o turismo nacional sofreu queda de 50,3% no faturamento de julho, em relação ao mesmo período do ano passado. O setor registrou faturamento de R$ 7,2 bilhões, ou seja, R$ 7,3 bilhões a menos do que há um ano, quando o valor havia sido de R$ 14,5 bilhões. A previsão é de que estes resultados melhorem a partir de setembro, em decorrência dos feriados nacionais. Dados colhidos entre os leitores do blog Viaje na Viagem, um dos mais antigos do Brasil, indicam que 80% dos viajantes adiaram ou cancelaram suas viagens em 2020.

O setor de Turismo é um dos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus. Mesmo com o risco de uma nova escalada de contágios, verificada em alguns países da Europa, o Brasil ensaia uma retomada das viagens, já tendo sido observada uma demanda maior nos feriados de setembro e de outubro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA