Laura Enchioglo   |   12/06/2024 13:30

Como está o Turismo nas marcas mais valiosas do mundo da Kantar BrandZ?

Em 49º, Disney é a que mais se aproxima da indústria de Viagens e Turismo a figurar com melhor colocação

Matt Stroshane/Disney World
Castelo da Cinderela, no Magic Kingdom
Castelo da Cinderela, no Magic Kingdom

A Disney é a 49ª marca mais valiosa do mundo, segundo ranking divulgado hoje (12) pela Kantar BrandZ. A empresa tem um valor de US$ 42 bilhões, mas caiu 9% em comparação a 2023. Trata-se da marca que mais se aproxima da indústria de Viagens e Turismo a figurar com melhor colocação no ranking.

A empresa também aparece no Top 10 na categoria Mídia e Entretenimento, na 9ª posição, puxado pelo seu serviço de streaming Disney+, que está a apenas quatro anos no mercado.

As 100 marcas globais mais valiosas da Kantar BrandZ cresceram 20% este ano. Já as marcas de Mídia e Entretenimento subiram 34% em 2024.

Sobre o Top 100, a Apple lidera pela terceira vez consecutiva, chegando a US$ 1 trilhão em valor de mercado. A marca é acompanhada no topo do ranking por Google, Microsoft e Amazon. “O nosso relatório global de 2024 revela que marcas fortes continuam a prosperar apesar da incerteza", afirma Martin Guerrieria, diretor da Kantar BrandZ.

Confira as 100 marcas mais valiosas do mundo, segundo a Kantar BrandZ

  1. Apple
  2. Google
  3. Microsoft
  4. Amazon
  5. Mc Donald's
  6. Nvidia
  7. Visa
  8. Facebook
  9. Oracle
  10. Tencent
  11. Mastercard
  12. Louis Vuitton
  13. Instagram
  14. Aramco
  15. Coca-Cola
  16. IBM
  17. Hermès
  18. Moutai
  19. Adobe
  20. Accenture
  21. Verizon
  22. AT&T
  23. Netflix
  24. The Home Depot
  25. Telekom/T-Mobile
  26. Tesla
  27. Nike
  28. Alibaba
  29. Walmart
  30. Starbucks
  31. YouTube
  32. Linkedin
  33. UPS
  34. Costco
  35. Tiktok
  36. Chanel
  37. Marlboro
  38. Cisco
  39. SAP
  40. Qualcomm
  41. AMD
  42. Salesforce
  43. Intuit
  44. ADP
  45. Xfinity
  46. TCS
  47. HDFC Bank
  48. Intel
  49. Disney
  50. Texas Instruments
  51. Samsung
  52. Spectrum
  53. Servicenow
  54. Xbox
  55. American Express
  56. L'Oréal Paris
  57. Mercado Libre
  58. Haier
  59. J.P. Morgan
  60. United Healthcare
  61. Uber
  62. Chase
  63. China Mobile
  64. RBC
  65. Wells Fargo
  66. Toyota
  67. ICBC
  68. Siemens
  69. BCA
  70. Zara
  71. Huawei
  72. Lowe's
  73. Airtel
  74. Infosys
  75. KFC
  76. Gucci
  77. TD
  78. ExxonMobil
  79. PayPal
  80. BMW
  81. Dell Technologies
  82. CommBank
  83. Mercedes-Benz
  84. Red Bull
  85. Fedex
  86. Ikea
  87. NTT
  88. VMWare
  89. Sony
  90. Ping An
  91. Aldi
  92. Lululemon
  93. Vodafone
  94. Pinduoduo
  95. Budweiser
  96. Nongfu Spring
  97. Bank of America
  98. HSBC
  99. DHL
  100. Corona

Airbnb se destaca no estudo

O Airbnb e a Booking.com não apareceram no Top 100 de marcas mais valiosas, mas ficaram em 8º e 9º lugar, respectivamente, no Top 10 em Plataformas de Tecnologia e Serviços de Consumo.

A Kantar fez um estudo de caso sobre o Airbnb, referindo-se a seu forte crescimento de valor de marca. As métricas operacionais da companhia em 2023 provam, segundo o estudo, a eficiência de plataformas user-friendly, com US$ 9,9 bilhões em receita (+19,2% ano a ano) e 448 milhões de reservas (+13,9% ano a ano).

Tópicos relacionados