Movida

Da Redação   |   25/01/2024 13:47   |   Atualizada em 25/01/2024 13:53

MTur assina acordo na Fitur para guia de investimentos para o Afroturismo

Segundo ministro, aproximar o Brasil da África é uma prioridade do presidente Lula

Divulgação

O ministro do Turismo, Celso Sabino, juntamente com o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, assinaram na manhã desta quinta-feira (25/1), durante a Fitur, em Madri, dois acordos com o Banco de Desenvolvimento da América Latina e do Caribe (CAF) que serão importantes para fortalecer a atividade turística no Brasil. Trata-se de ação para a produção de um guia para quem deseja investir no país e um para a internacionalização de empreendimentos de afroturismo em solo brasileiro.

A assinatura foi realizada no estande do Brasil como parte da programação do segundo dia da feira. O CAF foi representado pelo diretor de Turismo Sustentável do banco, Oscar Rueda. No projeto de Afroturismo, a assinatura contou com a presença da representante da secretária de Cultura e Turismo de Salvador, Jamile Machado. O evento contou ainda com a participação do diretor da ONU Turismo para as Américas, Gustavo Santos, e com o embaixador do Brasil na Espanha, Orlando Leite Ribeiro.

O Guia "UNWTO Tourism Doing Business" é feito de forma específica em cada país e já disponibiliza exemplares na Colômbia e na República Dominicana. O documento traz uma série contínua de relatórios que destacam o clima atual de investimento de um país, bem como as oportunidades em seu setor de turismo.

As diretrizes contidas na publicação servem como uma ferramenta de investimento em turismo e visam fornecer informações e orientações valiosas sobre os benefícios e as condições para o investimento estrangeiro direto em um país, avaliando várias dimensões.

"Temos a satisfação de receber mais uma vez o apoio do CAF e da ONU Turismo para desenvolver o turismo no Brasil, um país que tem uma grande reserva de mercado. Precisamos divulgar todo o nosso potencial para o mundo, divulgando notícias que mostram nossa cultura, natureza e belezas únicas. Não tenho dúvida de que com esse guia vamos conseguir atrair cada vez mais investidores para o nosso país", avaliou o ministro.

Ministro Celso Sabino

"Estar junto do Brasil é uma decisão estratégica da ONU Turismo e no projeto de fazer os guias para a América Latina e Caribe não poderia faltar o Brasil e a imensa oportunidade de investimentos que tem esse país maravilhoso", declarou Gustavo Santos.

"Estamos honrando no dia de hoje com o compromisso assumido com o Ministério do Turismo do Brasil, de produzir o guia de atração turística para promover a atração de fundos de investimentos privados para o turismo brasileiro. Somos conscientes de que o Brasil é um país continental e que os turistas estão aproveitando muito menos do que o país tem a oferecer", afirmou Oscar Rueda, representante do CAF.

Afroturismo

A cooperação técnica denominada "Afroturismo no Brasil: desenvolvimento étnico-territorial impulsionado pela internacionalização da oferta turística de empreendedores", visa promover o conhecimento das melhores práticas de turismo reconhecidas internacionalmente. O texto prevê ainda a identificação da oferta de Afroturismo no Brasil para a promoção internacional.

"Esta é uma prioridade do Presidente Lula que é aproximar o Brasil da África em busca da valorização da nossa ancestralidade, e mostrar ao mundo toda a nossa cultura, tradições e culinária. Um país estável política e financeiramente. Visitem o Brasil", finalizou o ministro.




Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias