Indústria de Turismo está pronta para uma nova onda disruptiva? | Tecnologia | PANROTAS
TECNOLOGIA

Indústria de Turismo está pronta para uma nova onda disruptiva?

O termo disrupção está cada vez mais presente quando se fala de mudanças na economia digital de viagens. A palavra é geralmente usada para o que é inovador, desde novos tipos de classes de embarque de companhias aéreas, instalações de hotéis, até novos recursos em um aplicativo ou check-in no aeroporto.

Shutterstock
No começo de 1990, viu-se o surgimento das OTAs, assim como das companhias aéreas de baixo custo. Se concordarmos que a indústria de viagens, Turismo e hospitalidade opera em ciclos, então, provavelmente, o mercado se encontra em um outro momento crucial neste processo.

Cerca de dez anos depois, foi a interatividade e o poder de consumo obtidos por meio da web 2.0 que deu à indústria seu próximo passo para subir a escada digital. Este período agora encontra-se estabilizado, mas há uma nova onda de tecnologia que tem o potencial de desencadear a próxima rodada de transformações significativas que impactarão na maneira do setor operar.

A indústria está sobrecarregada com conversas sobre inteligência artificial, blockchain, machine learning e ultrapersonalização, mas, como acontece com outros grandes desenvolvimentos em viagens, certos gatilhos precisam acontecer para que uma verdadeira ruptura aconteça. E, para isso, novos negócios devem surgir para desafiar os existentes.

Assim, resta saber se empresas que tiverem a capacidade de apoiar financeiramente a próxima geração de serviços de tecnologia que melhorem a descoberta e compra de viagens e as experiências dos viajantes farão os investimentos para que haja uma nova onda disruptiva.


*Fonte: Phocuswire

conteúdo original: https://bit.ly/2QvDzCm
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA