CVC Corp anuncia compra de 10% restantes da Trend | Turismo | PANROTAS
TURISMO

CVC Corp anuncia compra de 10% restantes da Trend


Emerson Souza
Luiz Eduardo Falco, presidente da CVC Corp
Luiz Eduardo Falco, presidente da CVC Corp
A CVC Corp enviou ao mercado comunicado informando a compra dos 10% da Trend que estavam nas mãos Luís Paulo Luppa (leia abaixo). Dessa forma o grupo agora controla 100% da unidade de negócios. O valor da transação é de cerca de R$ 30 milhões.

Em 3 de maio do ano passado, a CVC Corp havia anunciado a compra de 90% da Trend por 258,8 milhões; os 10% restantes ficaram sob o controle de Luís Paulo Luppa, que continuou na empresa como diretor geral.

Hoje mais cedo a CVC Corp divulgou outro comunicado sobre o início de sucessão de Luppa: Maurício Favoretto, ex-Coca-Cola e Nestle, será o novo diretor geral, depois de um processo de treinamento e integração tocado pelo próprio Luís Paulo Luppa. Ainda não foi divulgado até quando Luppa continua no grupo, mas ele segue o processo natural de sucessões de outras aquisições da CVC Corp: Rextur Advance, Experimento, Submarino Viagens e até a CVC Lazer tiveram trocas de diretores recentemente.


PLANOS EM SUSPENSE

A saída de Luppa da Trend (e da CVC Corp) deve se dar até o final do ano, coincidindo com o fim dos contratos de Luiz Eduardo Falco (que será sucedido por Luiz Fernando Fogaça) e Valter Patriani (que passará a consultor, em uma área ainda sob sigilo).

Por contrato, Luís Paulo Luppa não pode ir para nenhum concorrente da Trend e da CVC Corp (ou trazer para o Brasil uma empresa concorrente), mas ele promete que não ficará parado. Aos 54 anos, Luppa acredita que ainda tem muito a fazer profissionalmente, mas não quis adiantar que caminhos pode seguir.

“No momento estou focado na transição com o Maurício e posso dizer que muito feliz por ter, nesses dez anos de Trend, honrado nosso compromisso de sermos fieis e parceiros dos agentes de viagens, os grandes distribuidores do Turismo brasileiro”, afirmou.

O contrato de Luppa com a CVC Corp ia até 2021, mas, como no caso de Marcelo Sanovicz, na Rextur Advance, houve uma antecipação. “O saldo é positivo, com a empresa perpetuada e muito bem”, afirmou. A transição com Maurício Favoretto começou nesta segunda-feira, 5.

Emerson Souza
Luís Paulo Luppa
Luís Paulo Luppa

COMUNICADO DA CVC CORP AO MERCADO


"A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. ("CVC Brasil" ou "Companhia"), sociedade por ações registrada na Comissão de Valores Mobiliários ("CVM") como companhia aberta categoria "A", sob o código 02331-0, com suas ações negociadas em bolsa de valores sob o código CVCB3, vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral o quanto segue:

O Conselho de Administração, em reunião realizada nesta data, aprovou a celebração de Compromisso de Compra e Venda de Ações e Outras Avenças ("Compromisso de Compra e Venda"), por meio do qual a Companhia adquirirá, até 15 de março de 2019, ações remanescentes representativas de 10% (dez por cento) do capital social de emissão da Trend Viagens e Operadora de Turismo S.A. ("Trend Viagens"), pelo valor total aproximado de R$30.000.000,00 (trinta milhões de reais), em conexão com fato relevante divulgado em 03 de maio de 2017, no qual a Companhia divulgou a aquisição de 90% (noventa por cento) do capital social de emissão da Trend Viagens, antiga Check In Participações S.A.

Por fim, a Companhia manterá os acionistas e o mercado em geral informados acerca do andamento deste e de qualquer outro assunto de interesse do mercado.

Santo André, 05 de novembro de 2018.
CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A.

Leopoldo Viriato Saboya
Diretor Financeiro e Diretor de Relações com Investidores"

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA