AEROPORTOS

Pontualidade no fim do ano foi a melhor desde 2007

Netto Moreira
Das 55.673 decolagens realizadas durante a operação, que foi de 10 de dezembro a 10 de janeiro, apenas 8,1% dos voos partiram com atraso (foto divulgação)
O índice de pontualidade de decolagens durante a Operação Fim de Ano, coordenada pela Secretaria de Aviação Civil (Sac), registrou o melhor resultado dos últimos nove anos: 91,9%. Das 55.673 decolagens realizadas durante a operação, que foi de 10 de dezembro a 10 de janeiro, apenas 8,1% dos voos partiram com atraso. O percentual representa desempenho recorde da série histórica iniciada em dezembro de 2007, quando os voos atrasados chegavam a 30% das partidas realizadas.

Para o ministro da Aviação, Guilherme Ramalho, os números são o reflexo da integração cada vez maior entre governo, operadores, gestores e companhias aéreas. “A integração do setor aéreo é o que nos leva a ter resultados cada vez melhores. O alto nível de complexidade de uma operação como essa, envolvendo órgãos públicos e iniciativa privada, mostra o nível de preparo da aviação brasileira. Não é por acaso que estamos crescendo e emplacando posições de destaque em rankings internacionais de pontualidade e segurança”, avalia.

O resultado atende à meta definida pela Secretaria, companhias aéreas e autoridades responsáveis pela gestão aeroportuária no País, que é manter os atrasos abaixo de 15%. Nos balanços parciais da Operação, esse índice foi de 13% (10 a 15/12), 10,2% (16 a 20/12), 9% (21 a 29/12), 4,9% (30/12 a 05/01) e 4,82% (6 a 9/01).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA