Delta paga US$ 1,5 bi em participação em lucros

|

PANROTAS / Emerson Souza
Atualmente, a empresa conta com 80 mil funcionários (divulgação)
Atualmente, a empresa conta com 80 mil funcionários (divulgação)
A Delta Air Lines dividiu hoje, entre seus funcionários, o montante de US$ 1,5 bilhão de participação nos lucros recebido pela empresa no ano passado, quantia recorde na história da aérea.

Os pagamentos individuais equivalem a mais de 21% dos salários dos funcionários no ano passado, e para homenagear o bom desempenho a companhia promoveu comemorações em toda a rede global, montando um cartão de quase 14 metros de altura com o nome de cada funcionário da empresa – totalizando 80 mil.

“Frequentemente nos perguntam o que torna a Delta diferente, já que nossos concorrentes voam em aeronaves semelhantes às nossas e todos temos redes globais e parcerias internacionais que podem transportar os passageiros para qualquer cidade no mundo. Mas eu posso afirmar que o nosso diferencial está na exclusiva cultura centrada nas pessoas, concebida a partir do Rules on the Road (manual para os funcionários que contém o conjunto dos princípios básicos da companhia aérea), e no nosso trabalho em conjunto, fatores que não podem ser igualados por nenhum de nossos concorrentes”, afirmaram o presidente e o CEO da Delta, Ed Bastian e Richard Anderson, respectivamente, em uma nota enviada hoje aos funcionários.

No ano passado, eles receberam mais de US$ 94,9 milhões do programa Shared Rewards, por atingir resultados operacionais e financeiros históricos, e nos últimos cinco anos o valor pago em participação nos lucros e Shared Rewards foi de US$ 4,1 bilhões.

Para este ano, a meta é operar com um orçamento moderado, visando manter um negócio sustentável que se comprometa em liquidar dívidas, investir em seus funcionários e recompensar clientes e acionistas.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA