Nos EUA, Rio 2016 vendeu menos aéreos que a Copa

|

Thinkstock
O número de passagens aéreas vendidas por agentes de viagens dos Estados Unidos, para os Jogos Olímpicos Rio 2016 foi o melhor dos último três anos, para o período 21 de julho até 21 de agosto. Entretanto, as vendas ainda foram menores que as da Copa do Mundo do Brasil de 2014.

Segundo dados da ACR de 2013 até 2015 o número de passagens com saída dos Estados Unidos para o Brasil entre 21 de julho e 21 de agosto era de 15,848 por ano. Já este ano, o número saltou para 32,245, ou seja, um aumento de 103% nas vendas.

Apesar do alto, os números da Rio 2016 ainda são pequenos em comparação com a quantia que foi vendida para a Copa do Mundo de 2014. De 2011 para 2013, o número de passagens vendidas entre 15 de junho e 15 de julho foi de 18,685. Enquanto no ano da competição, o número de tíquetes vendidos no mesmo período foi de 46,709, resultando em um crescimento de 150%.

Um dos possíveis motivos que podem ter causado a diminuição nas vendas é o zika vírus, tanto que dezenas de atletas desistiram dos Jogos Olímpicos por conta da doença e da possível transmissão. Além da crise política e econômica pela qual o país passa.


*Fonte: Travel Weekly

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA