Airbnb estaria planejando venda de passagens aéreas

|



O Airbnb está mirando além do mercado da hospitalidade e planeja voos mais altos para atuar no setor de reservas aéreas. As informações são de um relatório divulgado pela Bloomberg, que revela ainda que a empresa pretende ingressar nesse setor por meio da compra de uma OTA ou de licença de um provedor, como Amadeus ou Sabre.

O relatório, que está gerando muita polêmica nos Estados Unidos, afirma que os planos da Airbnb ainda estão sendo finalizados e que a decisão de adquirir uma OTA ou licenciar dados de reserva ainda não foi feita.

Segundo o site Engadget, a iniciativa de reserva aérea da Airbnb operaria separadamente da Airbnb Trips, que foi lançada no mês passado e oferece passeios, reservas de restaurantes e outros serviços de viagens em 12 cidades ao redor do mundo.

O porta-voz da Airbnb, Nick Papas, recusou-se a comentar os planos de reserva de voos, mas caso eles sejam concretizados, a Airbnb, que foi avaliada em US$ 30 bilhões por investidores esse ano, estará apta a competir diretamente com grandes OTAS como Expedia e Kayak.

"Eu não estou realmente preocupado com o fato de o Airbnb passar a vender reservas de voos", afirmou o diretor executivo do Kayak, Steve Hafner, ressaltando que muitas empresas de hospedagem que tentaram entrar no setor aéreo fracassaram.

É esperar para ver.


*Fonte: E Global Travel Media

conteúdo original: http://bit.ly/2hdmcYX
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA