Delta e Alaska Airlines encerrarão codeshare em 2017

|


A Delta Air Lines e a Alaska Airlines anunciaram que seu acordo de codeshare terá fim em 1º de maio do ano que vem.

A decisão beneficiará ambas as companhias, considerando-se que a Alaska irá direcionar o foco a suas fusões com a Virgin America e a Delta se dedicará a criar mais opções aos passageiros em seu hub internacional de Seattle-Tacoma, onde opera mais de 150 vos a mais de 40 destinos.

Com o fim da parceria, as vendas de voos codificados em DL e AS, operados pela Alaska e pela Delta, respectivamente, cessarão. Além disso, os clientes de cada companhia aérea não poderão mais ganhar e resgatar milhas de voos operados pela outra aérea. A Delta e a Alaska hoje compartilham apenas um pequeno número de voos, e o crescimento da Delta em Seattle acabou reduzindo a necessidade de voar em código compartilhado.

"Seattle e o noroeste do Pacífico estão entre os mercados mais importantes do país, com forte crescimento econômico, diversidade cultural e algumas das mentes mais inovadoras do mundo. Como resultado, investimos muito em nossos produtos, serviços e instalações nessa região. Nosso foco agora é ganhar a confiança a longo prazo desses clientes, demonstrando o valor da parceria com uma companhia aérea global e os benefícios de ser um membro da Delta Sky Miles", afirmou o VP da Delta em Seattle, Mike Medeiros.

RESGATE DE MILHAS
Os membros do Delta Sky Miles poderão ganhar e resgatar milhas em voos operados pela Alaska Airlines até 30 de abril do ano que vem, mesmo período em que os membros do Sky Miles Medallion continuarão a receber seus benefícios em voos com a Alaska Airlines. A partir de 1º de maio de 2017, os membros Sky Miles só poderão ganhar e resgatar milhas em voos operados pela Alaska se tiverem um bilhete comprado antes de 19 de dezembro desse ano.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA