Cancelada no Natal, greve na British começa dia 10

|

Membros da tripulação da British Airways convocaram novamente uma greve, dessa vez para 10 de janeiro e com duração de 48 horas. O Mixed Fleet Unite, sindicato que coordena o ato, havia cancelado a paralisação marcada para o Natal, alegando precisar de mais tempo para que seus associados votassem pela aceitação ou não da contraproposta da aérea.

A tentativa de conciliação entre as partes frustrou e, como consequência, o Unite convocou mais uma vez a greve. Em comunicado, o sindicato afirma que a British está “desnecessariamente buscando o conflito” e que “a aérea tenta desfazer o progresso conquistado nas discussões sobre o ‘salário de probreza’ (como intitulam)”.

A reivindicação da categoria é pelo pagamento igualitário para todos os funcionários que exercem a mesma função. Algo que, segundo eles, não está ocorrendo da forma combinada previamente entre as duas partes.

Em comunicado, a British garantiu que não deixará passageiros sem chegar em seus devidos destinos. “Os funcionários ligados à Mixed Fleet Unite representam apenas 15% de nossa tripulação”, diz. A aérea também prometeu atualizar as situações de voo no próximo dia 6, além de lamentar que o sindicato “esteja buscando atingir nossos consumidores”.


*Fonte: Business Traveller

conteúdo original: http://bit.ly/2j5U8ap
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA