Azul reduz prejuízo em 2016 e pretende abrir capital

|

A Azul encerrou o último ano com um prejuízo líquido de R$ 126,3 milhões, de acordo com documentos entregues à Comissão de Valores Mobiliários Americana (SEC, na sigla em inglês). Em 2015, a companhia aérea presidida por Antonoaldo Neves fechou em R$ 754,6 milhões negativos, ou seja, houve uma redução significativa no prejuízo do ano passado para este ano. A informação é do Valor, que também aponta que a aérea entrou com um pedido na mesma SEC para realizar uma oferta de ações preferenciais de US$ 100 milhões em recibos de ações na Bolsa de Valores da Nova York. A Azul informou ao jornal que fará uma dupla listagem de seus papéis e se candidatou para lançar suas ações no nível dois da BM&FBovespa como AZUL4.


Divulgação Airbus


*Fonte: Valor Econômico

conteúdo original: http://bit.ly/2ln9XHO
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA