AEROPORTOS

“Melhor que rivais”, United fatura US$ 10 bilhões no 2T17

Flickr/InSapphoWeTrust
O presidente da United Airlines, Scott Kirby, se diz “incrivelmente orgulhoso” com os resultados da aérea no segundo trimestre de 2017. Os números divulgados nesta semana mostram aumento de US$ 604 milhões na receita (+6,4% sobre 2T16), que fechou o período em US$ 10 bilhões.

“A performance do segundo trimestre foi excepcional tanto financeira quanto operacionalmente”, continuou Kirby, que ainda se vangloriou sobre as rivais: “o time da United entregou a melhor performance operacional dentre os maiores competidores durante um de nossos trimestres mais movimentados.”

O lucro líquido total da United foi de US$ 818 milhões no período (+39% no comparativo), o que leva ao CEO da aérea, Oscar Munoz, a dizer que os resultados “demonstram que estamos firmemente no caminho certo”. “Tivemos um importante progresso e, decisivamente, conduzimos a United adiante”, comemorou.

Pouco mais de 28 milhões de passageiros voaram a bordo de aeronaves da United dentre abril e junho (número 9,5% superior ao de 2016). Mais que isso, a receita por assento disponível (nos Estados Unidos medida por milhas) subiu 2,1%. “Ainda temos muito o que buscar até compreender completamente o potencial que esta companhia aérea possui e assim exceder as expectativas de nossos consumidores”, afirmou Munoz.

O CEO, porém, tem ciência de que diante dos ótimos resultados aumentará a pressão sobre a United nos próximos períodos. “Nós sabemos que um sucesso gera outro e nossa forte performance neste trimestre acrescenta ao ímpeto em que nós da United estamos determinados a fortalecer.”
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA