AEROPORTOS

BNDES aprova empréstimo de R$1,62 bi para Galeão

Divulgação/SAC
Novo empréstimo é 70% dos investimentos no período do apoio financeiro
Novo empréstimo é 70% dos investimentos no período do apoio financeiro
A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta semana o financiamento de longo prazo de R$ 1,62 bilhão para a Rio Galeão, concessionária do Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro. O prazo do financiamento é de dez anos, com data final de amortização em 15 de dezembro de 2027.

Esse empréstimo é parte de um conjunto de iniciativas, entre elas a alteração na estrutura societária e um novo cronograma de pagamentos de outorga, que visam dar mais solidez financeira à concessionária e assegurar a qualidade de seus serviços. O empréstimo ponte atual é de R$ 1 bilhão, com vencimento em 26 de dezembro de 2017, que será em parte amortizado com os recursos do crédito de longo prazo.

Esse novo empréstimo corresponde a 70% dos investimentos no período do apoio financeiro. O financiamento ocorre por meio de operação mista, com a modalidade direta no valor de R$ 793,8 milhões (49% do total), enquanto os R$ 826,2 milhões restantes (51%) serão repassados por quatro instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Santander.

Após assumir a concessão, a Rio Galeão já implementou, entre outras melhorias, a ampliação de 1.850 vagas disponíveis no estacionamento. Além disso, adicionou ou modernizou 95 posições de check-in, aproximadamente dez mil metros quadrados de salas de embarque, 35 mil metros quadrados de áreas comerciais e 58 pontes de embarque.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA