Brexit é nebuloso e negativo para pilotos do Reino Unido

|


Stuart Bailey/ British Airways
Membros de associação afirmam que mudanças terão efeito negativo
Membros de associação afirmam que mudanças terão efeito negativo
Os pilotos do Reino Unido não estão confiantes e nem satisfeitos com as mudanças que acontecerão com a aviação britânica após o Brexit. Apenas um em cada dez pensa que deixar a União Europeia será positivo para o setor, de acordo com o Travel Weekly.

Membros da British Airline Pilots Association (Balpa) foram questionados se o Brexit terá um efeito positivo ou negativo na indústria. A metade apontou que isso trará efeitos negativos. Quase 40% afirmam que teria um impacto neutro e 2% não souberam responder. Apenas 9% pensam que a separação beneficiará a aviação local.

"O feedback dos nossos membros indica que que uma proporção significativa está preocupada com os efeitos do Brexit na aviação do Reino Unido”, afirmou o secretário geral da Balpa, Brian Strutton. O representante disse também que os profissionais do setor esperam uma garantia de que a aviação seguirá normalmente com as suas operações após o Brexit.

"Esperamos sinceramente que o governo esteja fazendo tudo o que puder para obter o melhor negócio possível, mas os voos para março de 2019 serão vendidos em apenas dois meses e os passageiros ainda não terão qualquer clareza sobre exatamente quais os acordos que estarão em vigor para reserva de seus bilhetes”, conclui.


*Fonte: Travel Weekly

conteúdo original: http://bit.ly/2E2XmDs
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA