Pelo menos 4 novas sul-americanas voam para o Brasil

|

PANROTAS / Emerson Souza
Solange Vieira, presidente da Anac
Solange Vieira, presidente da Anac
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), presidida por Solange Vieira, autorizou a companhia colombiana Aero República a funcionar com voos internacionais com origem no Brasil. Também recebeu autorização da Anac a BoA (Boliviana de Aviación), que está sendo gerenciada no Brasil por Victor Palenque, ex-Avianca.

A Anac também concedeu autorização provisória para a uruguaia Los Cipreses (BQB Lineas Aéreas), que fará nove voos exploratórios. Segundo a agência, em breve deve receber pedido da boliviana Aerocon – Aerocomercial Oriente Norte.

Para a Anac, o interesse das estrangeiras se dá graças ao crescimento da demanda por transporte aéreo no Brasil e à liberdade tarifária, que ampliou a concorrência no setor. Para a América do Sul, a liberdade tarifária vigora desde setembro de 2008 e pôs fim à necessidade de cobrar um preço mínimo dos voos com origem no Brasil para estes países. O mesmo mecanismo será concluído para voos do Brasil para os demais países, no dia 23 de abril.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA