SAC regulariza cinco aeroportos do interior do Acre

|

O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, e o governador do Acre, Tião Viana, assinaram nesta semana cinco convênios que regularizam e passam formalmente a administração dos aeroportos das cidades de Feijó, Xapuri, Tarauacá, Porto Walter e Marechal Taumaturgo ao governo do Estado por 35 anos. Com isso, os aeródromos poderão ganhar nova classificação da Anac para receber voos comerciais e ajudar a solucionar o problema de acesso à região, já que várias localidades só são acessíveis de avião ou barco. “Queremos melhorar, e vamos, todos os aeroportos da região, pois sabemos que lá o transporte aéreo é vida”, disse Moreira Franco.

A regularização da SAC foi necessária porque até o momento os aeroportos operam apenas aviação geral. Além disso, Porto Walter e Marechal Taumaturgo eram aeródromos privados e agora serão públicos. Já o terminal de Feijó é novo e precisava da autorização da para operar. Xapuri e Tarauacá, terceiro mais movimentado do Acre, estavam sob responsabilidade dos governos municipais. Para Viana, a regularização dos aeroportos no Acre representa uma mudança muito esperada pelos acrianos, além de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do Estado. “Antes dos aeroportos o isolamento era nossa marca definitiva”, contou.

Os terminais de Porto Walter, Tarauacá e Marechal Taumaturgo estão contemplados na primeira fase do Plano de Investimentos em Logística, bem como o aeroporto de Cruzeiro do Sul. Os investimentos em infraestrutura aeroportuária do Acre serão de aproximadamente R$ 76,5 milhões.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA