Snea prevê novo apagão aéreo “para breve”

|

Se não começar as mudanças, ampliações e obras nos aeroportos, o Brasil não estará pronto para a Copa das Confederações de 2013, considerado um teste para a Copa do Mundo, que acontece um ano depois. O alerta foi feito pelo diretor Técnico do Snea, Ronaldo Jenkins. Ele se apóia no estudo “Transporte aéreo: estudo preliminar das capacidades dos aeroportos”, feito em convênio pela Coppe/UFRJ e Snea e apresentado hoje no Rio de Janeiro.

Segundo o professor Elton Fernandes, que coordena o estudo, “chega a ser ridículo dizer que não se tem dinheiro para as obras. O custo empresarial e social é muito alto”. Se algo não for feito, um novo apagão já virá em breve, bem antes dos grandes eventos agendados por conta da Copa do Mundo de Futebol, ressalta Jenkins.

O mais incrível é acompanhar o movimento em aeroportos que, como o Santos Dumont, sofreu reformas recentes e se modernizou. Eram 40 movimentos por hora, o que caiu, segundo os especialistas, para 23. Tudo visando evitar um novo apagão. Mas se o movimento é crescente, como é possível ter a capacidade reduzida pela metade após uma grande obra? “Limita-se para esconder a ineficiência do sistema”, conclui o professor Elton Fernandes.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA