Veja atrações prediletas dos brasileiros na África do Sul

|

DURBAN (ÁFRICA DO SUL) – Em 2015, cerca de 30 mil brasileiros viajaram para África do Sul, número que coloca o Brasil como o principal emissor da América do Sul, mas ainda longe dos dez principais mercados internacionais de longa distância. Entre os 30 mil vieram casais, família, viagens entre amigos, viajantes independentes, além de outros perfis mapeados pelo Escritório de Turismo da África do Sul.

O portal PANROTAS perguntou a Kobo Safaris, uma das maiores empresas de receptivo do país e especializada em passageiros de língua portuguesa e espanhola quais foram os cinco produtos mais buscados. Entre os produtos, três estão na região da Cidade do Cabo, mostrando ser o destino preferido dos brasileiros na Terra de Nelson Mandela.

Confira os cinco principais produtos abaixo, em ordem alfabética:


Flickr South African Tourism
Parque Natural Cape Point
Cabo da Boa Esperança (Cidade do Cabo)
Passeio de dia todo. O transporte busca no hotel de manhã cedo e viaja por cerca de 1h30 passando por diversas praias. O destaque até a chegada no parque fica com a praia dos pinguins, repleta destes animais, e na Ilha das Focas, que como o nome diz está “tomada” pelas focas. Já o Parque Natural do Cabo da Boa Esperança é um dos atrativos mais bonitos da África do Sul e a visita se torna obrigatória. O local dispõe de um restaurante, algumas trilhas e acessos às praias. No final da tarde, durante o pôr do sol, alguns animais costumam dar o ar da graça como os macacos.







Flickr South African Tourism
City tour pela Cidade do Cabo
City Tour na Cidade do Cabo
Passeio que pode ser feito em meio dia ou dia inteiro. Na maioria das vezes a segunda opção é a escolhida. O tour passa por pontos tradicionais, como Table Mountain (com direito a subida); Castelo da Boa Esperança; Bo-Kwaap, antigo bairro dos escravos que vinham para África do Sul e hoje lembra o Pelourinho; praias como Camps Bay e Clifton Beach; Garden Center; e termina no Victoria & Albert Waterfront, onde de lá tem transporte para os hotéis.










Flickr South African Tourism
City tour por Johanesburgo com visita ao Museu do Apartaid
City Tour por Johanesburgo
A principal cidade sul-africana é o portão de entrada dos turistas brasileiros. A cidade costuma servir de dormitório e na maioria das vezes o passageiro fica uma noite. Entre os passeios mais buscados está o city tour, que passa por Soweto, a maior favela da África do Sul e uma das maiores do mundo; e o Museu do Apartaide. Em Soweto, a visita acontece durante o dia e mostra o retrato dos mais pobres. Já o Museu do Apartaide mostra uma em imagens e fatos a história real vivida pelo país há poucos anos atrás.








Flickr South African Tourism
Rota dos Vinhos
Rota dos Vinhos (Cidade do Cabo)
Já não é de hoje que a África do Sul desponta como um dos maiores produtores de vinho. No continente africano, o país nada de braçada frente às demais nações. Para degustar desta bebida, há algumas opções pela Rota dos Vinhos. As mais buscadas são as que passam por Stellenbosch e Franschhock. Nos roteiros geralmente há três paradas, todas com taste e opções para compra.









Flickr South African Tourism
Safári pela África do Sul
Safári
O último da lista é unanimidade entre os brasileiros. É tão clichê quanto ir a Roma e não ver o Papa. O safári é procurado por qualquer perfil de turista e encontrar lugar para fazer um “game” não é difícil. Há inúmeros parques e lodges espalhados pelo país, basta escolher aquele que mais agrada. Os dois mais procurados são Kruger, maior área protegida da África do Sul cobrindo cerca de 20 mil km2, maior do que muito Estado brasileiro. A segunda opção fica em Pilansberg, reserva próxima a Johanesburgo.









Portal PANROTAS viaja a convite do Escritório de Turismo da África do Sul com proteção Intermac.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA