Curaçao prevê 25 mil turistas brasileiros até 2014

|

PANROTAS / Emerson Souza
Na home, a presidente da Chata, Lizanne Dindial. Aqui, ela com Paulo Assumpção, da Promo, representante do destino no Brasil
Na home, a presidente da Chata, Lizanne Dindial. Aqui, ela com Paulo Assumpção, da Promo, representante do destino no Brasil
A Associação de Turismo e Hotéis de Curaçao (Chata), em parceria com o Conselho de Turismo de Curaçao, promovem desde a última segunda-feira (13) um encontro com as operadoras de turismo brasileiras. A programação encerrou-se hoje com uma coletiva de imprensa, no Grand Hyatt São Paulo, onde a associação revelou algumas ações de promoção do destino no Brasil.

De acordo com a presidente da Chata, Lizanne Dindial, o objetivo dos encontros é englobar o mercado brasileiro na ilha e capacitar as operadoras em relação a infraestrutura turística, além das opções de lazer e entretenimento presentes em Curaçao. “Queremos estreitar as negociações com o trade, criando pacotes diferenciados ao turista brasileiro”, disse ela. “A finalidade de todos os encontros realizados é promover a cooperação e auxiliar a promoção dos negócios”, completou.

Na ocasião, a dirigente apresentou os principais hotéis da cidade e revelou como o mercado vem crescendo nos últimos anos. “Em 2008, recebemos quatro mil turistas brasileiros. Quatro anos depois, em 2011, o número de brasileiros mais que dobrou e fechamos com nove mil visitantes”, afirmou.

De acordo com Paulo Assumpção, representante do destino no Brasil, um plano de divulgação de Curaçao está sendo desenvolvido. Nesta ação, notórios investimentos de promoção para o mercado corporativo estão programados. “Nós temos uma ampla infraestrutura para receber convenções, incentivos e o turista de negócios em geral”, disse ele. “Com essa divulgação e ampliação na oferta de assentos, que esperamos ter nos próximos anos, estimamos receber 25 mil brasileiros já no ano de 2014”, concluiu.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA