Temporada de neve do Chile espera 900 mil visitantes

|

PANROTAS / Emerson Souza
A temporada de neve deste ano acontece no Centro de Esqui Valle Nevado
A temporada de neve deste ano acontece no Centro de Esqui Valle Nevado
A temporada de neve do Chile deste ano, que será realizada no Centro de Esqui Valle Nevado, foi lançada hoje por autoridades do país, com a presença da subsecretária de Turismo do Chile, Javiera Montes, que relatou um aumento de visitantes em relação ao ano passado.

“Para esta temporada de inverno queremos que chilenos e estrangeiros desfrutem de um belo panorama nas montanhas e na neve. Neste contexto, a Divisão de Estudos da Subsecretaria de Turismo estima que os centros de esqui em todo o país receberão cerca de 900 mil visitantes, o que representa um aumento de 2% em relação ao ano passado, e a previsão é que estes visitantes gastem cerca de US$ 127 milhões”, afirma Javiera.

A subsecretária também divulgou os resultados da pesquisa com o tema Turismo de Neve e os Esportes de Inverno, realizado pelo Servicio Nacional de Turismo (Sernatur), na região metropolitana do Chile, durante a temporada de 2014. De acordo com dados do estudo, 35,5% dos visitantes correspondem a visitas de turistas internacionais, cujos países de origem são, principalmente, o Brasil, com 59,8%, a Argentina, (15,1%), países europeus (6,6%), Estados Unidos, (4,4%), e outros países, como Colômbia, Peru, Austrália, México e Uruguai, entre os mais importantes.

Após o lançamento da temporada de 2015, o gerente geral de Ski Portillo, Michael Purcell, mostrou-se otimista: "embora a temporada tenha começado mais tarde do que o esperado, sabemos que esta indústria está à mercê da natureza e esperamos que a neve que caiu recentemente revitalize a alta temporada. Já contamos com 90% da nossa ocupação hoteleira para os próximos meses, e estimamos que a temporada vai se prolongar até o início de outubro", afirma Purcell.

Este ano, os estabelecimentos sócios da Associação de Centros de Esqui do Chile (Aceski) investiram cerca de US$ 15 milhões em melhorias de infraestrutura nos centros de esqui.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA