Orçamento estoura, mas Jogos não são os mais caros da história

|

Ouvir falar sobre injeções de investimentos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro foi bastante comum nos últimos tempos. Altas cifras estamparam manchetes até na semana da abertura do evento, iniciado no último dia 5, e causou uma onda de revolta, já alimentada pela recessão econômica e instabilidade política que assola o País.


De fato, as manobras superaram o orçamento estudado e definido por especialistas há anos, mas não foi capaz de dar ao Brasil o título da competição mais cara da história. Dados da Universidade de Oxford afirmam que os gastos com a Rio 2016 giram em torno dos US$ 4,5 bilhões, valor três vezes menor do que o realizado em Londres. Isso mesmo, você não leu errado: três vezes menor.

Juntos, governo londrino e inglês desembolsaram US$ 15 bilhões para ser palco das disputas. A aplicação deu aos Jogos de Londres a medalha de ouro no quesito edições mais caras dos últimos 56 anos, seguida por Barcelona, em 1992.

As 15 edições analisadas pela universidade norte-americana mostram US$ 5,2 bilhões como valor médio para realizar o megaevento. A Rio 2016 está longe deste montante, no entanto, já excedeu a estimativa inicial em 51%. Infelizmente, tal cenário é bastante comum e a média é que o orçamento supere as projeções em 176%. Quem conseguiu fugir do percentual e, claro, acalmar os ânimos da população, foi a China. Na Pequim 2008, o custo ficou apenas 2% acima do previsto.

OBSERVAÇÕES
Os pesquisadores que assinaram o estudo salientam que a conta da Olimpíada na cidade brasileira ainda não foi fechada. Mesmo assim, tudo leva a crer que o megaevento irá retomar o padrão de orçamento enxutos. Também é importante esclarecer que o cálculo só inclui despesas relacionadas diretamente ao espetáculo, como, por exemplo, gastos operacionais e obras esportivas. Isso significa que os valores das obras não entram nesta conta. O balanço final dos Jogos deve ser divulgado no fim deste mês. Até o momento, a soma de todas as despesas, diretas e indiretas, estão na casa dos R$ 39 bilhões.

No infográfico abaixo, você pode conferir estes e outros contrastes da Rio 2016. Todos os valores foram convertidos para a cotação do dólar no final de 2015 e a inflação não foi considerada.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA