Saiba como foi o Workshop da Braztoa na Catalunha

|

PANROTAS / Emerson Souza
Marco Ferraz, presidente da Braztoa, e Joán Romero, do Escritório de Turismo da Catalunha no Brasil
Marco Ferraz, presidente da Braztoa, e Joán Romero, do Escritório de Turismo da Catalunha no Brasil
Depois da reunião dos associados Braztoa, na manhã desta terça-feira (12), a parte da tarde foi reservada para o Workshop Braztoa sobre a Catalunha. Os fornecedores que permearam o roteiro da viagem desde sábado, quando teve início a programação, estavam promovendo seus produtos e fazendo networking com os operadores associados.

As apresentações duraram exatamente um minuto cada, seguindo o cronograma. De maneira sucinta e direta, os fornecedores apresentaram o produto e os operadores puderam focar, posteriormente, no que era de maior interesse para suas empresas. “Achei a proposta interessante. Você sabe quem é, o que faz, e se interessar é só chamar para uma conversa”, analisou Estela Farina, da Firstar.

APRESENTAÇÕES
Marco Ferraz foi o primeiro a fazer uma apresentação após a introdução dos fornecedores. O presidente da Braztoa foi direto e apresentou o mercado brasileiro sob a ótica de uma economia aquecida, com uma população que cada vez viaja mais e melhor – só em 2013, os brasileiros representaram 112 milhões de passageiros de avião. Ferraz mostrou que a Espanha é um destino forte para os turistas do Brasil, cuja representatividade no destino, em 2013, foi de 400 mil passageiros. Um dos motivos mais fortes para que a Espanha seja uma das maiores portas de entrada para os brasileiros na Europa, e o quarto destino mais visitado pelos mesmos, é a língua.

A apresentação seguinte foi do Conselheiro de Turismo da Catalunha, Felip Puig, que recebeu uma placa de Marco Ferraz e un regalo : um par de havaianas. Puig mostrou-se contente com o resultado da viagem, que intensificou os laços da Catalunha com os operadores brasileiros e abriu margem para negócios e parcerias na promoção do destino no País. “Vamos troca experiências e fazer negócios. Tentamos nos igualar aos brasileiros nos quesitos hospitalidade e simpatia; para nós, o enriquecimento cultural é tão importante quanto o econômico”, disse. O Conselheiro também expressou o interesse em ter mais frequências no voo da Singapore entre São Paulo e Barcelona, assim como mais companhias aéreas fazendo esta rota.

Por fim, o diretor da companhia aérea Iberia falou sobre os voos da empresa, que saem de São Paulo e chegam a Barcelona com uma curta escala em Madri, e informou que a Iberia é, oficialmente, a aérea responsável pelo transporte dos jogadores espanhóis para a Copa do Mundo.


*Fonte: O Portal PANROTAS viaja a convite da Braztoa e do Governo da Catalunha, com proteçãO GTA

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA