Entretenimento é tema de painel no Congresso do Festuris

|

Netto Moreira
Maria Camilla Alcorta, representante de Las Vegas na América Latina, durante painel no Congresso do Festuris
O Congresso da Festuris iniciou o último dia de evento com o painel “Indústria do Entretenimento: Tecnologia, Inovação e Criatividade para encantar consumidores”, que abordou a realidade do setor no contexto interno e apresentou cases de sucesso em âmbito nacional e internacional. Entre os palestrantes estiveram nomes como Alain Baldacci, presidente do Sindepat (Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas), Maria Camilla Alcorta, representante de Las Vegas na América Latina, e Rosa Helena Volk, secretária de Turismo de Gramado (RS).

Baldacci iniciou as apresentações falando sobre a experiência do visitante em um parque temático. “Nada substitui a sensação sentida em um brinquedo de parque temático. É um entretenimento saudável e um mercado que atende todas as idades”, diz ele, lembrando que o setor movimenta todos os setores do turismo como hotelaria e transporte, com uma elevada geração de empregos.

O executivo falou ainda do potencial brasileiro para este segmento e falou do trabalho do MTur em prol do setor. “O Ministério tem sido um grande parceiro e por isso torcemos pela manutenção de Vinicius Lages à frente da pasta”, defendeu Balacci.

LAS VEGAS
Maria Camilla apresentou as novidades do principal destino de entretenimento do Estados Unidos. Segundo ela, a cidade é muito mais do que apenas jogos e sim uma soma de experiências e possibilidades diversas ao turista. “O grande êxito de Las Vegas neste segmento não está nos shows ou hotéis da cidade, e sim na infinidade de atrações para todos os públicos e disponíveis 24h por dia”, indicou. Em 2014, Las Vegas ultrapassará a casa do 14 milhões de turista, com ocupação hoteleira de 86%.

Entre as novidades do destino, Camilla destacou o novo projeto da MGM, que pretende criar uma espécie de “Central Park” dentro de Las Vegas, além de uma nova arena com capacidade para 20 mil pessoas. Outros destaques são um novo resort que será construído até 2017 e será o mais caro do mundo, e o foco da cidade em se tornar o destino mundial com maior número de festivais musicais. A cidade receberá quatro edições do Rock in Rio USA nos próximos anos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA