Felipe Niemeyer   |   16/07/2010 16:36

Capitalização da ABIH pode acirrar disputa eleitoral

Uma gestão pró-ativa – aliada ao bom momento da hotelaria nacional – permitiu que a ABIH Nacional sanasse, nessa última gestão, problemas financeiros históricos, como a inadimplência de estaduais e passivos com a hotelaria.

Uma gestão pró-ativa – aliada ao bom momento da hotelaria nacional – permitiu que a ABIH Nacional sanasse, nessa última gestão, problemas financeiros históricos, como a inadimplência de estaduais e passivos com a hotelaria. Capitalizada, a entidade pode fortalecer sua estrutura administrativa e ser mais ambiciosa ao buscar convênios mais expressivos com parceiros como o MTur e Sebrae.

Com boa parte dos problemas financeiros e operacionais resolvidos e interesses antigos sendo materializados, a presidência da ABIH Nacional agora desperta o interesse do setor. O atual presidente da entidade, Álvaro Bezerra de Mello, após dizer que cumpriria apenas um mandato, já manifestou vontade em ser reconduzido ao cargo. “Senti que depois de três anos plantando, a entidade começa a colher os frutos dessa gestão. Projetos que antes não tínhamos dinheiro para fazer estão maturando. Vejo a oportunidade de continuidade de todo esse processo”, disse Mello

Alguns nomes já manifestaram interesse em candidatar-se ao cargo nas próximas eleições em novembro. Por enquanto, nenhum deles declarou oficialmente o desejo. O desenrolar dessa situação deverá ficar mais clara a partir da realização do Conotel, que será realizado em agosto, no Rio de Janeiro.

É importante que, no caso de uma disputa eleitoral, o atual presidente da entidade seja o agente condutor de todo esse processo para que seja idôneo, transparente e atenda os interesses do setor. E dessa forma não sejam criadas rachas dentro de um dos segmentos mais unidos do turismo.

Tópicos relacionados