DISTRIBUIÇÃO

Hotel Radisson Faria Lima (SP) conclui modernização

Netto Moreira
A gerente geral do Radisson Faria Lima, Leandra Gallo, Simone Borgas (Estúdio SB Arquitetura), uma das investidoras do hotel, Cristina Silveira, e Fabiana Sverner (Estúdio SB Arquitetura)
O Radisson Faria Lima, administrado pela Atlantica Hotels na zona sul de São Paulo, concluiu a quarta e última fase do retrofit (modernização dos quartos e das áreas comuns) iniciado em 2011. Hoje foram apresentadas à imprensa as três novas Suítes Royal, de 64 m² cada. Dessa forma o empreendimento – o primeiro da marca do Carlson Rezidor Hotel Group a operar no Brasil, em 2001 – está 100% novo. O valor total do investimento não foi revelado.

“Desde o término da primeira fase, em 2011, pudemos entrar em contas que antes não poderíamos e houve até uma mudança no perfil dos hóspedes, pois passamos a receber mais profissionais de nível de diretoria e presidência”, assegura a gerente geral, Leandra Gallo. “O hotel não fechou em todo esse período, e o público constatou a grande mudança no produto e passou a nos prestigiar ainda mais”, emenda ela.

Agora os 199 quartos do hotel estão distribuídos em cinco categorias: Apartamentos Superior, Apartamentos Luxo, Apartamentos Business Class, Apartamentos Royal e Suítes Royal.

Em relação à diária-média, “entre 2010 e 2014 praticamente dobrou”, comemora uma das principais investidoras do Radisson Faria Lima, Cristina Silveira. “No início houve resistência na ideia da modernização por parte de alguns investidores. No entanto, eles tiveram uma grande surpresa com o retorno: a diária-média cresceu 25% em 2011 em relação a 2010, além de que os apartamentos se valorizaram mais”, completa Cristina.

De acordo com Leandra, este mês a diária-média alcançou R$ 476. “É um valor muito bom, ainda mais para um mês de abril”, comemora a gerente geral.

“Vale destacar que não houve aporte para o retrofit. Houve, sim, uma retenção de recursos, os quais foram utilizados na modernização”, destaca a investidora.

SUÍTES TÊM DIVERSOS MIMOS
“Finalizamos a modernização com a abertura dessas novas Suítes Royal, a partir da transformação de seis apartamentos de 32 m² cada em três dessas novas habitações, com 64 m² cada”, explica Leandra. Todas estão no 14° andar do hotel, com outros apartamentos.

Todas as três suítes têm dois ambientes (sala de estar e quarto), sendo que uma possui mesa para pequenas reuniões; banheira; dois televisores LCD de 42 polegadas; banheiro com espaço da ducha e do vaso separados e pia integrada ao quarto; amenities da L´Occitane; banheira; ofurô para os pés; sofá-cama; enxoval 100% algodão de 400 fios; e café da manhã servido na suíte como cortesia, entre outras facilidades.

A utilização das três novas suítes Royal começam na próxima semana, e as reservas já podem ser feitas pelos canais de distribuição.

A modernização total do hotel leva as assinaturas das arquitetas Fabiana Sverner e Simone Borgas, sócias no escritório Estúdio SB Arquitetura.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA