Argentina irá presidir o Comitê Executivo da OMT em 2018

|

Divulgação/Ministerio de Turismo de Argentina
Gustavo Santos, ministro de Turismo da Argentina
Gustavo Santos, ministro de Turismo da Argentina
Durante a 22ª Assembleia Geral da Organização Mundial de Turismo (OMT), realizada em Chengdu, na China, foi decidido por unanimidade que a Argentina será o próximo país a presidir o Comitê Executivo da organização, em 2018. Com 157 países membros em toda OMT, o Comitê Executivo é a esfera mais importante da organização e possui 34 nações em seu corpo.

O ministro de Turismo da Argentina, Gustavo Santos, será responsável por representar o país nos encontros. “Trabalharemos para ter uma organização mais forte, unida e integrada para o bem de nossos cidadãos”, afirmou Santos após o anúncio, que ainda acrescentou que esta será uma gestão “entre todos e com todos”.

Com a eleição, ficou acertado que a Argentina comandará a presidência do comitê em 2018 e, no ano posterior, ocupará a primeira vice-presidência. O Comitê Executivo da OMT tem papel fundamental para a definição de políticas, aprovação ou corte de programas, além do controle da gestão do Secretário Geral da entidade.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA