Movida

Alex Souza   |   24/11/2014 15:13

R1 Audiovisual em 2014: mais trabalho, mesmo faturamento

Após dez anos de crescimentos anuais ininterruptos, em média de 25%, a R1 Solutions fecha o 2014 de Copa do Mundo e eleições com o seguinte balanço

PANROTAS / Emerson Souza
Raffaele Cecere e Rodrigo Caetano, sócios da R1 Audiovisual
Raffaele Cecere e Rodrigo Caetano, sócios da R1 Audiovisual
Após dez anos de crescimentos anuais ininterruptos, em média de 25%, a R1 Audiovisual fecha o 2014 de Copa do Mundo e eleições com o seguinte balanço: mais trabalho e mesmo faturamento. O mercado de Recife é um exemplo perfeito: a empresa de soluções tecnológicas para eventos aumentou em 30% o número de clientes mas manteve o índice de faturamento.

Por saberem que o ano seria mais difícil, os sócios Raffaele Cecere e Rodrigo Caetano apostaram na estratégia de tentar parcerias com empresas “dispostas a inovar e se diferenciar”. “Pois nos momentos de crise as corporações procuram rever parceiros e processos”, explica Cecere, dando como exemplo um novo cliente (hotel) que, após 16 anos, percebeu a necessidade de mudar e acabou iniciando parceria com a R1.

A hotelaria, aliás, é a grande aposta da empresa para os próximos dois anos: a R1 pretende fechar 2016 com 90% do faturamento advindo dos hotéis – atualmente o índice está em 70%, sendo que as TMCs são as responsáveis pelos outros 30%. Na visão dos sócios, as agências corporativas focam no custo para captar clientes, ao passo que a hotelaria, de um modo geral, tem na qualidade do serviço o principal pilar – o que justifica a “preferência” pelos hotéis.

FUTURO
Uma novidade recente anunciada pela R1 Solutions foi a compra de uma empresa de tecnologia. A ideia é poder desenvolver, entre outras possibilidades, softwares de geolocalização e ferramentas interativas tanto para o setor de eventos quanto ao mercado varejista.

Site: www.r1audiovisual.com.br.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias