Sindetur-SP solidariza-se com Tia Augusta; leia carta

|

Presidido por Eduardo Nascimento, o Sindetur-SP enviou carta solidarizando-se com a Tia Augusta Turismo, que anunciou ontem o fim de suas atividades. Segundo o comunicado assinado por Nascimento, a operadora “de família reconhecidamente idônea, experiente e prestadora de excelentes serviços” teve de recorrer à recuperação judicial por não encontrar outra alternativa para seu saneamento financeiro.

Leia, abaixo, a íntegra da comunicado do Sindetur-SP:

"O Sindicato das Empresas de Turismo no Estado de São Paulo – Sindetur-SP – vem a público lamentar a suspensão das atividades noticiada por uma das mais tradicionais empresas de turismo paulista, a Tia Augusta, com 39 anos de existência, de família reconhecidamente idônea, experiente e prestadora de excelentes serviços.

Neste período, embarcou milhares de jovens para férias no Brasil e no exterior e foi, há muitos anos, vítima de enorme desfalque, cuja recuperação foi dificultada a partir do ano crítico de 2008, desde quando fez o possível para continuar honrando seus compromissos.

Todavia, nos dias atuais, sem vislumbrar outra alternativa para seu saneamento financeiro, não lhe restou outra opção: com a habitual probidade, requereu a legítima e legal recuperação judicial (antiga concordata).

Daí o cabimento desta manifestação de solidariedade, que, certamente, reflete a opinião de todas as agências de turismo que compõem a categoria econômica representada pelo Sindetur-SP.

Eduardo Vampré do Nascimento, presidente do Sindetur-SP”
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA