Hóspede não volta a hotel com internet ruim, diz Accor

|

Netto Moreira
O peso da internet na hotelaria é bem maior do que se pensa. Segundo pesquisa feita pela Accor no Brasil no ano passado, o hóspede não retorna ao hotel onde encontrou um serviço ruim de acesso à internet sem fio (wi-fi). Esse foi um dos dados que serviram de base para a rede francesa investir, entre 2011 e este ano, mais de R$ 6 milhões na atualização tecnológica das mais de 150 unidades da rede no País.

“Cerca de 70% dos hóspedes afirmaram que não retornam a um hotel onde o serviço de internet é ruim”, revelou Carla Milovanov (foto), da área de TI da Accor, em sua apresentação na sessão plenária “Inovação como ferramenta preventiva contra a estagnação do mercado hoteleiro”, no Conotel.

E outro dado interessante da pesquisa da Accor: 70% dos hóspedes ouvidos querem acesso wi-fi gratuito e no quarto. "Eles não querem descer no lobby para usar de graça a rede nem usar o cabo", explicou Carla.

“Com esse investimento podemos oferecer um acesso à internet de qualidade aos nossos hóspedes e mais: os equipamentos que compramos também são econômicos quando o assunto é economia de energia”, destacou Carla.

“Após esse investimento, oferecemos ao hóspede em toda a rede Ibis acesso de qualidade e gratuito à internet e já temos a resposta positiva do cliente: antes dessa ação, o índice de satisfação alcançava 6,8% e, depois, chegou a 9,4%”, comemorou a profissional.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA