Para Bologna, redistribuição de vôos foi medida correta

|

Netto Moreira
BRASÍLIA - O presidente da Tam, Marco Antonio Bologna (foto), afirmou que a redistribuição de vôos em Congonhas foi uma medida correta para ajudar a superar a crise aérea. O executivo disse ainda ser correta a determinação do governo de se reunir com mais freqüência com empresas do setor aéreo. "São medidas corretas. Isso (as mudanças) requer uma série de revisões do modelo", afirmou Bologna.

Ele destacou que a empresa registrou queda no movimento de passageiros. "Após o acidente registramos outros fatores. Com certeza, já sentimos queda na venda, estamos com uma queda próxima dos 30% das vendas", disse. Questionado sobre as tarifas de passagens e reajustes, Bologna disse que as tarifas aumentaram devido à não disponibilidade de tarifas promocionais.

Perguntado sobre se as mudanças como transferências de vôos para outros aeroportos impactariam nos preços de passagens, ele afirmou que a empresa está evitando repassar os ônus aos clientes. "São medidas em função dos problemas de infra-estrutura, são acertadas.


*Fonte: Foto: Luis Alves

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA