AEROPORTOS

Varig quer voar de Buenos Aires para Cabo Frio/Búzios

|

Netto Moreira
Murilo Barbosa, Constantino de Oliveira Jr., Julio Lopes, secretário de Transportes do Rio, e Lincoln Amano
O presidente da Gol e da VRG Linhas Aéreas, que opera a marca Varig, Constantino de Oliveira Jr., apresentou hoje à imprensa a nova identidade visual da Varig e também novos serviços. Durante a apresentação, Constantino Júnior também falou dos planos de novos vôos da empresa e um deles é o vôo Buenos Aires-Rio-Cabo Frio, uma vez por semana, com operação diária na alta temporada. A decisão depende ainda da homologação do aeroporto de Cabo Frio, portão de entrada para Búzios, um dos destinos brasileiros preferido dos argentinos.

A nova logomarca da Varig, que estará exposta no estande da empresa na Feira das Américas tem linhas modernas, logotipo clean, um toque de laranja em meio a forte presença do azul (o nome continua escrito em azul) e ondas que simulam a aerodinâmica de uma aeronave em vôo. As novas linhas estão presentes na pintura moderna das aeronaves e nos uniformes mais joviais, versáteis e elegantes, além dos aeroportos onde a Varig opera.

A transformação na Varig também inclui estímulos ao olfato e ao paladar do cliente. Para as rotas internacionais, a empresa criou o conceito Espaço Vita, com foco na qualidade de vida. Um cardápio especial, com alimentação balanceada, é um dos itens. Jornais e sete títulos de revistas ampliam as opções de entretenimento. Já nos vôos domésticos o passageiro será envolvido em uma atmosfera de “Sabores e Aromas do Brasil” – nova proposta de serviço de bordo.

“O modelo de gestão de baixo custo que a empresa adotou não implica em abrir mão da qualidade de atendimento. O zelo com o passageiro é a nossa principal preocupação: 100% de cuidado, 0% de excesso”, afirma Murilo Barbosa, diretor de Marketing da Varig.

As salas vips dos aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro, Guarulhos, em São Paulo, Afonso Pena, em Curitiba, e Salgado Filho, no Rio Grande do Sul, estarão em reforma até o ano que vem.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA