ECONOMIA E POLÍTICA

Brasileiro que viaja ao Exterior poderá pagar nova taxa

Cada brasileiro que viajar ao Exterior deverá pagar uma taxa equivalente a US$ 2, a ser destinada à Central Internacional para Compra de Medicamentos (Unitaid), segundo determina o Projeto de Lei da Câmara 149/10, que recebeu, hoje, parecer favorável da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado. O projeto será ainda examinado, em decisão terminativa, pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). A informação é da Agência Senado.

A Unitaid foi constituída em setembro de 2006 por iniciativa conjunta dos governos do Brasil e da França, segundo informa em seu voto favorável o relator da proposta, senador Eduardo Suplicy (PT-SP). Os recursos destinados à central serão dedicados à compra de medicamentos contra a Aids, a malária e a tuberculose.

O projeto também autoriza a doação anual, pelo governo brasileiro, de US$ 20 milhões à Aliança Global para Vacinas e Imunização. Segundo o relatório apresentado pelo senador, a missão da aliança é a de salvar vidas de crianças e proteger a saúde da população dos países mais pobres, por meio do acesso à imunização.

“Trata-se de iniciativas que objetivam proporcionar melhores condições de saúde, mediante a compra e distribuição de medicamentos para países mais carentes da comunidade internacional”, afirmou Suplicy.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA