Etihad celebra primeiro voo direto de SP a Abu Dhabi

|

Netto Moreira
Na home, o avião sendo batizado quando de sua chegada, pela manhã, em Guarulhos. E aqui a delegação que celebrou o primeiro voo da Etihad Airways no Brasil: Luis Pardi, delegado da Polícia Federal do Brasil; Juan Torres, vice-presidente da Etihad Airways para a América do Sul e gerente geral para o Brasil; Geert Boven, vice-presidente sênior da Etihad Airways para as Américas; Luciene Oliveira, representante da Diretoria Comercial do GRU Airport; e Osny Nobre, comandante da Etihad Airways
Depois de anunciar seus planos de adiar a operação diária no Brasil, a Etihad Airways celebrou no sábado, 1º de junho, o primeiro voo direto da companhia partindo de São Paulo em direção a Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. O voo decolou do aeroporto de Guarulhos às 18h20 operado por um Airbus A340-500 com 240 assentos divididos em três classes de serviço – 12 na primeira classe (Diamond), 28 na executiva (chamada Executiva Pearl) e 200 na classe econômica (Coral).

Um grupo de autoridades convidadas embarcou no voo de estreia da companhia, entre eles Sergio Pontes, chefe de gabinete do Ministério do Turismo, e Marcelo Rehder, presidente da São Paulo Turismo.

Segundo a Etihad, embora a empresa já tenha laços com o Brasil há muito tempo, as novas frequências marcam a entrada comercial em um novo continente e um passo importante para aumentar a presença da companhia nas nações de alto crescimento do Brics.

A Etihad, que possui uma frota de 77 aviões, operará a ligação São Paulo-Abu Dhabi três vezes por semana (terça-feira, quinta e sábado), partindo às 18h20 de São Paulo com chegada em Abu Dhabi às 14h45 no horário local e retorno às 8h30 da capital dos Emirados Árabes nos mesmos dias da semana, chegando em São Paulo às 15h05.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA