Descubra o patrimônio arquitetônico de Mônaco caminhando

|

O Principado de Mônaco é um verdadeiro patrimônio a céu aberto. Ao longo dos séculos, grandes nomes da arquitetura investiram seus talentos para construir o legado arquitetônico de Mônaco. Enquanto o grande arquiteto Charles Garnier projetou o Cassino e a Ópera de Monte-Carlo, Gustave Eiffel foi o responsável pelo teto de vidro do hotel Hermitage. Mais recentemente, o telhado do hotel Fairmont recebeu um mosaico colorido idealizado por Victor Vasarely; e o arquiteto Norman Foster desenvolveu o conceito do Yacht Club de Monaco.

Desde o reinado do Príncipe Rainier III, o Principado de Mônaco reúne uma importante coleção de obras de arte. São mais de 200 obras distribuídas por jardins, ruas e praças em homenagem a personagens, acontecimentos e lugares emblemáticos de Mônaco.

Divulgação
Museu Oceanográfico
Museu Oceanográfico
Uma delas é a Estátua Juan Manuel Fangio, esculpida por Joaquim Ros Sabaté em lembrança ao piloto argentino, considerado por muitos o maior piloto de todos os tempos. Em sete temporadas de Fórmula 1, Juan Manuel foi cinco vezes campeão mundial (em quatro equipes diferentes). A redor do mundo, há seis exemplares idênticos - Buenos Aires (Argentina), Mônaco, Montmeló (Espanha), Nürburg (Alemanha), Stuttgart (Alemanha) e Monza (Itália).
Divulgação
Catedral de Mônaco
Catedral de Mônaco

A riqueza histórica do Principado também é revelada através de seus monumentos.

A Catedral de Mônaco é um edifício em estilo romano-bizantino, cujo altar é feito de mármore branco. É lá que estão os túmulos dos príncipes falecidos. Dedicada a padroeira do Principado e a família Principesca, a Igreja de Saint-Dévote completa o patrimônio religioso local juntamente com a Igreja St Charles, de estilo renascentista e com uma torre de sinos erguida a 30 metros de altura.


Outra obra monumental de Mônaco é o Fort Antoine, fortaleza construída no início do século 18 e que hoje é um teatro ao ar livre com acesso liberado aos visitantes. Igualmente imponente é o Palácio da Justiça, inaugurado na década de 30. Suntuoso, o Palácio do Príncipe de Mônaco atrai a curiosidade de viajantes do mundo todo por ser a residência privada da família Principesca e por ser o palco da cerimônia da Troca da Guarda realizada na Praça do Palácio diariamente às 11h55 da manhã.

São esses guardas os responsáveis pela segurança do Príncipe e sua família.

Erguido na beira do famoso Rochedo de Mônaco, o Museu Oceanográfico combina uma arquitetura icônica e única com a dedicação em preservar os oceanos há mais de um século.

O museu traduz o mundo marinho com mais de 6 mil espécies catalogadas e aquários que retratam o universo dos Trópicos e do mar Mediterrâneo com tubarões, peixes-palhaço, cavalos-marinho, polvos e medusas, encerrando assim em grande estilo o roteiro arquitetônico do Principado.

Para saber mais sobre o destino, acesse www.visitmonaco.come o site globalvisionaccess.com.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA