Nobile é a 3ª maior administradora hoteleira do País

|


Filip Calixto
Diego Garcia, Gisela Silva de Oliveira e Ricardo Pompeu, da Nobile Hotéis
Diego Garcia, Gisela Silva de Oliveira e Ricardo Pompeu, da Nobile Hotéis
Após três anos de queda, a performance dos hotéis do País no ano de 2018 apresentou um crescimento do Revpar (Receita por apartamento disponível) de 4,7%. Em decorrência da recuperação econômica e do resultado das eleições presidenciais, a taxa de ocupação média passou de 56,5% em 2017 para 58,9% em 2018.

No mesmo ano, a Nobile apresentou Revpar superior em cinco pontos percentuais e GOP de 33% contra 26% do estudo. Em relação ao ano passado, a rede de hotéis obteve incremento de três pontos percentuais no Revpar e GOP de 35%. A empresa se vê como a terceira maior rede do Brasil.

O crescimento do Revpar impacta positivamente no Resultado Operacional (GOP) e os mercados com melhora mais significativa na performance na Nobile incluem São Paulo, Fortaleza, Recife, Brasília e Belo Horizonte com crescimento variando entre 13% e 16%.

A expectativa para 2019 é um crescimento ainda mais significativo no Resultado Operacional dos hotéis. A Nobile é a terceira maior cadeia e terceira maior administradora hoteleira do Brasil no ranking das 50 maiores, segundo a “Hotelaria em Números 2019”, da consultoria Jones Lang LaSalle, e esse é um dos índices reforçados por Diego Garcia, Gisela Silva de Oliveira e Ricardo Pompeu, da companhia, nesta 47ª Abav.

Veja todas as notícias da Abav Expo 2019 neste link
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA