Abav Expo em Fortaleza exigirá vacinação ou teste negativo

|

Divulgação/Abav
Centro de Eventos do Ceará
Centro de Eventos do Ceará
A Abav Expo & Collab 2021, de 6 a 8 de outubro, será uma experiência híbrida, mista, real e virtual. A parte Collab, on-line, espelhará o evento presencial, que ocorre no Centro de Convenções do Ceará, em Fortaleza.

A Abav Nacional, presidida por Magda Nassar, quer que o encontro seja um marco na retomada do Turismo e dos eventos do setor. Uma decisão ousada, mas que virá acompanhada de protocolos rígidos e foco nos negócios, garante ela.

O retorno ao presencial se dá em parceria com o Governo do Ceará e a Secretaria de Turismo de Fortaleza. O governador Camilo Santana publicou na sexta-feira passada o decreto normatizando a volta dos eventos no Estados.

Com isso, protocolos sanitários estarão em vigor e os participantes da Abav Expo 2021 terão de apresentar, à entrada do evento, certificado de vacinação completa (duas doses ou a dose única da Janssen) ou teste negativo para covid-19.

O governo estadual mantém, no Aeroporto de Fortaleza, um centro que realiza o teste de graça para os viajantes que chegam ao Ceará. Quem não chegar por via aérea terá de fazer o teste de forma particular (os órgãos de saúde do Ceará e a Abav ainda estão definindo a antecedência necessária para o teste). Quem tem a vacinação completa está isento do teste, mas deve apresentar o certificado das doses tomadas.

Além disso haverá controle de participante dentro do pavilhão do Centro de Convenções do Ceará e todos os visitantes deverão usar máscara todo o tempo (exceto quando estiverem comendo na praça de alimentação), não promover aglomerações (aviso especial aos estandes) e serão incentivados a sempre higienizar as mãos com álcool em gel, presente nos estandes, corredores e áreas públicas.
Também os estandes não podem servir comida e todos os brindes ou presentes devem ser entregues sem aglomeração. O estande maior, de 80 metros quadrados, comporta, com os protocolos, 16 pessoas ao mesmo tempo, incluindo visitantes e expositores.

Os protocolos podem evoluir até o evento e a Abav quer que a feira seja um exemplo para provar que é possível voltar a realizar encontros presenciais, com segurança e profissionalismo. Portanto, a colaboração de todos os participantes em relação ao respeito aos protocolos é fundamental.

PANROTAS / Emerson Souza
Magda Nassar, presidente da Abav Nacional
Magda Nassar, presidente da Abav Nacional
“Fizemos várias visitas a Fortaleza e tanto a prefeitura quanto o governo do Estado estão super organizados, com um índice de vacinação muito alto (90% dos adultos já com primeira dose) e querendo, como a gente, essa retomada responsável e exemplar dos eventos. A Abav Expo em Fortaleza será um marco nesse sentido. Estamos sendo ousados, mas com pés no chão e com protocolos estudados e controlados. E ainda com uma plataforma que espelhará todo o evento, permitindo que quem não puder estar conosco no Ceará possa assistir às palestras da Vila do Saber, conversar com os 103 expositores e mais de 140 marcas e estar mais próximo do trade nesse momento crucial de retomada”, diz a presidente da Abav Nacional, Magda Nassar.

Todos os protocolos foram desenhados pela Abav Nacional, com a gerente geral Jerusa Hara à frente, em conjunto com as autoridades cearenses e da capital.

Leia ainda hoje na Revista PANROTAS (distribuída antes para nossa comunidade no Telegram: https://t.me/panrotas) a entrevista completa com Magda Nassar.

Inscrições e informações sobre o evento e as caravanas aéreas e rodoviárias, além de descontos em hotéis: www.abavexpo.com.br. A Gol Linhas Aéreas oferece 10% de desconto para os participantes, sobre a tarifa obtida no site ou no sistema da companhia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA