Movida

Filip Calixto   |   20/07/2022 10:38   |   Atualizada em 20/07/2022 13:33

Agentes avaliam fatores que consolidam venda para Dubai

Famtrip da Orinter levou mais de 70 profissionais do Turismo para conhecer os Emirados Árabes


PANROTAS / Filip Calixto
Dubai é conhecida por seus grandes edifícios e construções
Dubai é conhecida por seus grandes edifícios e construções
Desde sexta-feira (15)
até até o próximo dia 22, pouco mais de 70 agentes de viagens parceiros da Orinter em todo o Brasil participam de uma caravana pelos Emirados Árabes Unidos, com atenção especial a Dubai. Nessa semana de atrações, eles conhecem melhor o destino e, a partir da visita, podem criar ou reciclar argumentos de vendas, enxergar novas perspectivas para seus clientes e saber em detalhes como é o atendimento e a estrutura da região.

Já com vendas regulares para Dubai e Emirados, Patrícia Saraiva, da agência Ibiza Turismo, de Belo Horizonte, sublinha que mudou seu ponto de vista e, a partir do famtrip em andamento, passou a enxergar o destino como mais que um hub de voos. De acordo com ela, boa parte dos pacotes que costuma comercializar e incluem Dubai, tem na região uma parada para outro destino final.

PANROTAS / Filip Calixto
Patrícia Saraiva, da Ibiza Turismo
Patrícia Saraiva, da Ibiza Turismo
Ela lembra que o aeroporto de Dubai é famoso por ser um grande centro de conexões para viagens longas. “Costumo recomendar, pelo menos, três dias em Dubai para clientes que vão para outros destinos, como Maldivas. É um bom tempo para conhecer o que a cidade tem a oferecer”, afirma. Depois de alguns dias conhecendo melhor as atrações locais, porém, Patrícia entende que será mais fácil explicar como Dubai pode ser diversa em opções e um bom lugar para permanecer mais dias.

Quem tem uma visão parecida é Ricardo Vitório, da Novità Turismo, que há 12 anos vende pacotes para todo o mundo. Ele conta também que costumava incluir o emirado como uma parada em vendas de viagens mais longas. “Estando aqui, entretanto, é fácil perceber que há opções para uma gama muito grande de perfis de viajantes”, completa.

PANROTAS / Filip Calixto
Ricardo Vitório, da Novità Turismo, acena com o gesto característico de Dubai
Ricardo Vitório, da Novità Turismo, acena com o gesto característico de Dubai
Para Vitório, perceber Dubai a partir desse novo olhar foi possível graças à ação que participa. “Faz toda a diferença conhecer e entender como é o lugar para ganhar força na venda”, sublinha.

EXPERIMENTANDO DUBAI
Em três dias de passagem por Dubai, o grupo que está com a Orinter conseguiu ver a variedade de ofertas que o destino oferece, com passeios por deserto, shopping centers, museus, hotéis famosos, prédios icônicos e construções bem características.

Cada uma dessas experiências fez a agente Silvia Lourenço, da Plan & Travel, incluir o destino em sua lista de gosto particular. “Vendo muito mais aquilo que gosto como cliente”, enfatizou, já incluindo o emirado em sua lista de predileções.

PANROTAS / Filip Calixto
Silvia Lourenço, da Plan & Travel
Silvia Lourenço, da Plan & Travel
“Temos aqui uma oportunidade ímpar de conhecer um destino encantador. Confesso que estando aqui tenho agora uma visão completamente diferente do que pensava ou imaginava, principalmente em relação à cultura e costumes. É um lugar que preserva sua tradições, mas segue olhando para frente”, acrescenta Silvia.

CULTURA TRADICIONAL E INOVAÇÃO
Greici Quadros, da Zzz Tour, de Passo Fundo (RS), também destaca o aspecto cultural como uma surpresa na viagem. “Tenho um bom volume de vendas para esta região, principalmente, por conta do fator exótico. E isso se confirma estando aqui. Me parece um lugar que mescla a cultura tradicional com a modernidade”, opina.

PANROTAS / Filip Calixto
Greici Quadros, da Zzz Tour, de Passo Fundo (RS)
Greici Quadros, da Zzz Tour, de Passo Fundo (RS)
Greici conta também que boa parte do público que busca Dubai na agência em que atua tem interesses em tecnologia, arquitetura e construção, o que se explica com as complexas edificações que a região tem.

DESTINO BOM DE VENDER
Com Dubai entre os destinos mais vendidos de suas agências, Kilian Sohn Neto, da Cosmos Turismo, e Gabrieli Ruschel, da Tao Turismo, lembram que a procura acelerou durante a pandemia, quando Dubai era um dos lugares com menos restrições para entrada em todo o mundo.

PANROTAS / Filip Calixto
Gabrieli Ruschel, da Tao Turismo
Gabrieli Ruschel, da Tao Turismo
A facilidade de entrada e o aumento na competitividade das tarifas, segundo observam os dois agentes, fez crescer a procura e as vendas, fazendo o destino entrar no topo dos pedidos.

“O fato de permanecer com poucas restrições e aberto a estrangeiros ampliou a participação de Dubai no que vendemos. Mas não é só. Para quem vem, fica a impressão de ser um lugar aberto para o futuro”, pondera Gabrieli.

PANROTAS / Filip Calixto
Kilian Sohn Neto, da Cosmos Turismo
Kilian Sohn Neto, da Cosmos Turismo
Sohn Neto observa que, atualmente, as tarifas aéreas de Dubai e demais emirados estão mais competitivas que o visto em destinos mais consolidados da Europa, por exemplo. Isso tende a melhorar ainda mais a procura pela região. “Outro fator que impressiona é a hospitalidade e a mega estrutura”, finaliza.

O Portal PANROTAS viaja a convite da Orinter, com cobertura de saúde Affinity

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias