Furacão Michael causa cancelamento de voos na Flórida (EUA) | Aeroportos | PANROTAS
AEROPORTOS

Furacão Michael causa cancelamento de voos na Flórida (EUA)

Formado no Golfo do México entre domingo e segunda-feira, o furacão Michael chegou aos Estados Unidos hoje, sendo o primeiro da história a entrar pelo chamado Panhandle da Flórida com a força de uma categoria quatro e ventos de até 180 quilômetros por hora. Aeroportos de cidades no caminho da tempestade foram fechados e voos cancelados.

Reprodução/Ventusky
Furacão Michael entrou nos EUA pela região conhecida como Panhandle, na Flórida
Furacão Michael entrou nos EUA pela região conhecida como Panhandle, na Flórida
De acordo com o monitor de tráfego aéreo Flight Aware, cerca de 150 voos que tinham a região Oeste do Estado como origem ou destino foram cancelados, enquanto os aeroportos Tallahassee, Northwest Florida Beaches, Pensacola e Destin-Fort Walton Beach fecharam para operações comerciais nesta quarta-feira.

Tanto a United Airlines como a American Airlines, a Delta Air Lines e a Southwest informaram aos seus clientes que remarcações poderão ser realizadas sem a cobrança de taxas. No mar, cruzeiros realizados na porção Oeste do Mar do Caribe tiveram que remanejar suas rotas para evitar o encontro com o furacão Michael.

“Se você mora ao longo da costa e foi-lhe dito para evacuar, essa é sua última chance. O furacão Michael é um evento sem precedentes que não pode ser comparado com outros passados. Não arrisque sua vida, se você foi avisado, saia agora”, alertou comunicado enviado pelo Serviço Nacional de Climatologia de Tallahassee.

De acordo com as previsões meteorológicas, o fenômeno seguirá para outros Estados do país, como Alabama, Geórgia, Carolina do Sul, Carolina do Norte e Virgínia, durante os próximos dias, antes de se dissipar.


*Fonte: Express

conteúdo original: https://bit.ly/2Oifcux
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA