Aeroporto de Brasília retomará 12 destinos nacionais em julho

|

Felipe Menezes/Inframerica
Em julho, as operações aéreas no Aeroporto de Brasília estão sendo intensificadas com a retomada de voos e mais frequências diárias. São 12 novos destinos nacionais partindo da capital federal. A perspectiva é de um crescimento de 640% em relação ao mês de abril, que apresentou o pior fluxo de passageiros dos últimos 25 anos. Em maio, cerca de 58 mil pessoas passaram pelo terminal brasiliense, número 95% inferior ao mesmo mês em 2019, mas o fluxo registrado foi 29% maior que o mês de abril.

Em julho, o terminal passará a atender 35 cidades brasileiras e diariamente deverá receber em média 100 pousos e decolagens por dia. A quantidade ainda está longe dos 380 voos diários de antes da pandemia, mas já é uma retomada importante para conexão e logística do País, conta Roberto Luiz, head de negócios aéreos da Inframerica. “O Aeroporto de Brasília é um importante centro de conexão e vem recuperando o movimento de forma gradativa. Para receber estas novas frequências, adotamos diversos protocolos sanitários a exemplo da solução termográfica para aferir a temperatura corporal dos passageiros e a disponibilização de mais de 30 pontos de álcool gel espalhados nos principais pontos do terminal”, explicou o executivo.

A Inframerica reabriu uma de suas salas de embarque, o Píer Norte, que estava fechada desde abril, como forma de atender às recomendações de distanciamento social. A medida é necessária para evitar aglomerações no terminal em virtude da intensificação das operações que vêm sendo retomadas ao longo deste mês. Com a reabertura da sala de embarque, a concessionária espera espalhar e espaçar o fluxo de passageiros.

A Inframerica informa que o uso de máscaras no terminal é obrigatório e que os usuários que não estiverem usando o acessório poderão ser impedidos de embarcar.

Confira abaixo a lista de cidades atendidas com voos direto do Aeroporto de Brasília em julho:

Sul: Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis
Sudeste: São Paulo (Congonhas), Guarulhos, Campinas, Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Belo Horizonte, Vitória, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Uberlândia
Nordeste: Fortaleza, Salvador, Recife, São Luiz, Teresina, Barreiras, João Pessoa, Maceió e Natal
Centro Oeste: Cuiabá, Goiânia e Campo Grande
Norte: Manaus, Santarém, Belém, Rio Branco, Macapá, Marabá, Porto-Velho, Boa Vista e Palmas e Araguaína.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA