Israel fecha aeroporto Ben Gurion e suspende voos de passageiros

|

Getty Images
Israel fecha Aeroporto Internacional Ben Gurion para voos de passageiros e jatos particulares de 26 a 31 de janeiro
Israel fecha Aeroporto Internacional Ben Gurion para voos de passageiros e jatos particulares de 26 a 31 de janeiro
Oficiais do governo israelense anunciaram que o Aeroporto Internacional Ben Gurion de Israel estará fechado para voos de passageiros e jatos particulares de 26 a 31 de janeiro. Israel fará exceções apenas para voos de carga, aeronaves de emergência médica, voos de combate a incêndios e aviões que cruzem o espaço aéreo israelense sem pousar.

Esta é mais uma medida tomada pelas autoridades para combater a propagação da covid-19 e prevenir a importação de novas mutações do coronavírus e a disseminação de uma potencial cepa israelense que é imune às vacinas existentes.

O terceiro lockdown em Israel, introduzido em 8 de janeiro por duas semanas, foi estendido até 31 de janeiro. Os cidadãos estão proibidos de se deslocar a mais de um quilômetro de suas casas e se reunir em grupos de mais de cinco pessoas em quartos e mais de dez pessoas nas ruas. Todos os locais de entretenimento estão fechados e cafés e restaurantes funcionam apenas com delivery.


*Fonte: eTurboNews

conteúdo original: https://bit.ly/3osTJfH
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA