Novo terminal do Aeroporto de Macaé (RJ) será entregue em 2023

|

Projeto com orçamento estipulado em R$ 160 milhões, a construção do novo terminal de passageiros do Aeroporto de Macaé, no Rio de Janeiro, será entregue em 2023, mas especificamente em junho. A data de conclusão das obras e os detalhes da iniciativa foram pormenorizados pela Zurich Airport, que gerencia o complexo, em evento realizado hoje (11). De acordo com os representantes da empresa, a ampliação do empreendimento é atualmente o maior e mais importante desenvolvimento da companhia.

Divulgação
Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport no Brasil
Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport no Brasil
Segundo informou a administradora, a ideia é ter um complexo com espaços amplos, atenção especial à sustentabilidade e com a preocupação de ser convidativo. Conforme antecipam a projeções apresentadas pela Zurich, a arquitetura do espaço deve privilegiar a entrada de luz natural, a circulação de ar e a reutilização de água, além da instalação de jardins tanto nas áreas externas como internas.

De acordo com o CEO da Zurich Airport no Brasil, Ricardo Gesse, a boa avaliação do aeroporto de Florianópolis, que também é gerido pela empresa, pode ser considerado um indício de como recepcionará os passageiros o terminal de Macaé. “Teremos muitos materiais parecidos, até porque esses elementos estão presentes em muitos dos nossos aeroportos geridos pelo mundo”, afirma.

O planejamento de novas instalações no aeroporto de Macaé inclui ainda a ampliação da pista de pousos e decolagens e um novo pátio com 28 posições para aeronaves, tudo em obras organizadas para nua atrapalhar a operação já existente. Na parte interna, o novo terminal terá quatro portões de embarque e 12 balcões de check-in.

VOOS
Sobre as perspectivas para o futuro, já que a Zurich tem contrato de gestão de 30 anos no complexo, Gesse comenta que a empresa também desenvolve estratégias para atrair mais demanda e voos ao destino.

“Como gestores de aeroportos estamos sempre em contato com companhias para demonstrar o potencial do destino. Já temos o voo regular da Azul, que vem do Santos Dumont, e estamos trabalhando em novas rotas”, afirma o executivo.

De acordo com ele, é possível que nos próximos meses haja um acerto para um voo regular ligando o aeroporto de Macaé à capital do Espírito Santo, Vitória. “Temos estimulo em desconto de tarifas para aumentar rotas e vemos algumas possibilidades”, diz. Para ele, a normalização do setor do Turismo e da própria atividade da aviação, depois que superada a pandemia, deve aumentar a movimentação no destino fluminense.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA