EMPRESAS

Venda da Alitalia tem prazo estendido para outubro de 2018

Wikicommons/Bene Riobó
A Itália, por meio de um decreto governamental, estabeleceu formalmente para até 31 de outubro o prazo para a seleção de um comprador à Alitalia. O novo adiamento dá uma margem de seis meses para a companhia aérea. A decisão foi tomada em meio às controvérsias do novo governo, eleito há cerca de dois meses, e também ao empréstimo estatal de 900 milhões de euros — que promete manter as operações da companhia até 15 de dezembro.

A Comissão Europeia (CE), entretanto, teria afirmado no mês passado que havia aberto uma investigação para avaliar a legalidade do “empréstimo-ponte”. Vale destacar que 49% da companhia é respondida pela Etihad Airways, que pediu concordata em maio de 2017.

Dentre os possíveis interessados na compra da companhia, a Lufthansa tem sido constantemente apontada. A área alemã, porém, teria afirmado que apenas efetivamente mostraria interesse se a Alitalia fosse reestruturada.

Outras empresas também foram apontadas como possíveis interessadas, como a britânica Easyjet, a franco-holandesa Air France-KLM e a húngara Lizz Wizz Air.


*Fonte: ATW Online

conteúdo original: https://bit.ly/2JLFBdp
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA