Avianca Brasil forma turma com 16 pilotos mulheres | Empresas | PANROTAS
EMPRESAS

Avianca Brasil forma turma com 16 pilotos mulheres


Divulgação/Avianca Brasil
A Avianca Brasil realizou, nesta quarta-feira (11/07), a formatura da primeira turma de pilotos da história da aviação nacional, de acordo com comunicado da companhia, composta exclusivamente por mulheres. A ação faz parte do Programa Donas do Ar, que promove a equidade de gênero no ambiente de trabalho. Dezesseis mulheres concluíram o treinamento e em breve, passarão a voar pela companhia.

"Quando começamos o projeto, em 2017, menos de 2% do nosso quadro de tripulantes técnicos era formado por mulheres. Depois da implantação do programa, essa porcentagem subiu para 5%, a maior entre as aéreas brasileiras", explicou o presidente da Avianca Brasil, Frederico Pedreira.

O programa Donas do Ar está baseado em três pilares: contratação de pilotas, transformação social e disseminação dos conceitos de diversidade e inclusão. Com foco no primeiro pilar, a companhia arca com os custos de parte das horas de voos necessárias para a formação das pilotas em simuladores. Com isso, a expectativa é aumentar em 10% o número de mulheres no quadro de pilotas a cada ano.

Outra iniciativa do projeto Donas do Ar é a assinatura do Women's Empowerment Principles, da ONU Mulheres, que estabeleceu metas relacionadas à promoção de treinamentos sobre o tema para os colaboradores; participação em grupos de diversidade; e organização de atividades e palestras com as pilotas em escolas públicas quinzenalmente.

O evento da formatura da turma de pilotas contou ainda com um painel que discutiu a equidade de gênero no mercado de trabalho, com a participação de mulheres que são referências na sociedade, como a jornalista Glória Maria, a executiva Mônica Sousa, a comandante da Avianca Brasil Jaqueline Guglielmi, e Patrícia Nicieza, diretora de RH da empresa.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA