Organização alerta para risco de novos atentados nos EUA | Empresas | PANROTAS
EMPRESAS

Organização alerta para risco de novos atentados nos EUA


Divulgação/ JFK Airport
Flyers Rights pede correções de segurança ao governo norte-americano
Flyers Rights pede correções de segurança ao governo norte-americano
A Flyers Rights, organização de passageiros de aviação dos Estados Unidos, adverte que mais ataques terroristas podem acontecer, da mesma maneira que o 11 de setembro, que completa 17 anos hoje. Para evitar esse tipo de tragédia, o grupo fez várias recomendações.

"Estamos alarmados com o fato de o governo Trump estar se escondendo e falhando em corrigir as inadequações do passado, agravando-as ao buscar novas políticas equivocadas”, afirma o presidente e ex-membro do Comitê Consultivo para a Segurança da Aviação, Paul Hudson.

Entre os pontos cruciais, o executivo destaca que foi ignorada e ocultada uma petição de regulamentação apresentada pela Flyers Rights em 2017. A proposta tinha como objetivo corrigir a lacuna que permite o transporte de armas e munição sem segurança adicional na bagagem.

Além disso, foi criticada uma proposta orçamentária do ano fiscal de 2018, que elimina os orçamentos das patrulhas de segurança dos aeroportos e transfere a responsabilidade para as autoridades policiais locais.

Outro motivo de crítica foram os “tratamentos altamente invasivos” no que se refere às crianças, deficientes, idosos, transgêneros e vítimas de agressão sexual. Esse tratamento, de acordo com a organização, afeta a confiança do público, gerando medo e aversão de muitos passageiros à TSA (Transportation Security Administration).

Por último, a declaração alerta que muitas intimações e pedidos no Congresso são ignorados “por motivos duvidosos, aparentemente para encobrir a má administração."
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA