EMPRESAS

Embraer lança jatos com autonomia para rota NY-Londres

Divulgação/Embraer
Praetor 600, jato capaz de realizar voos diretos entre Nova York e Londres
Praetor 600, jato capaz de realizar voos diretos entre Nova York e Londres
A Embraer apresentou ao mercado seus novos jatos executivos das categorias médio e super médio. Durante conferência de aviação executiva realizada neste fim de semana em Orlando, Estados Unidos, a fabricante brasileira revelou detalhes do Praetor 500 e Praetor 600, aeronaves com tecnologia avançada capazes de realizar rotas intercontinentais.

Os Praetor 500 e 600 foram criados para o “empreendedor, para o pioneiro e para o inovador”, descreve o presidente e CEO da Embraer Aviação Executiva, Michael Amalfitano. Os jatos, segundo ele, “são aeronaves que certamente fazem jus aos seus nomes, liderando o caminho na redefinição das características do que uma aeronave de porte médio e super médio oferecem ao mercado”.

“A introdução destas aeronaves sustenta a nossa visão de fascinar os nossos clientes e proporcionar-lhes valor superior e a melhor experiência na indústria."

O alcance dos jatos impressiona em relação a rivais do segmento. O Praetor 500, categorizado como jato médio, tem autonomia para voar por 3,250 milhas náuticas (ou seis mil quilômetros). O super médio Praetor 600 vai ainda além, ligando cidades distantes até 3,900 milhas náuticas (7.200 mil quilômetros). Com isso o Praetor 600 será capaz de realizar voos sem escala entre Londres e Nova York, por exemplo.

A comparação entre o Praetor 600 e competidores diretos no segmento mostra a diferença, como o Cessna Citation X (3.125 milhas náuticas), Bombardier Challenger 300 (3.276 milhas náuticas) ou Gulfstream G200 (3.312 milhas náuticas).

O vice-presidente sênior de Marketing da Embraer Aviação Executiva, Luciano Froes, descreve os novos jatos como “as aeronaves mais disruptivas e tecnologicamente avançadas a entrar nas categorias de porte médio e super médio”.

“Projetadas para serem diferentes e propositalmente disruptivas, essas novas aeronaves oferecerão a melhor experiência para o cliente com uma combinação incomparável de desempenho, conforto e tecnologia”, promete.

Com protótipos em fase de ensaio de voo, a certificação do Praetor 500 e do Praetor 600 ainda não foi homologada pelas autoridades responsáveis. A expectativa da Embraer é que, certificadas, as aeronaves iniciem operação em 2019, com o Praetor 600 a partir do segundo trimestre e o Praetor 500, no terceiro trimestre.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA