Aviação doméstica tem alta na demanda pelo 20º mês seguido | Empresas | PANROTAS
EMPRESAS

Aviação doméstica tem alta na demanda pelo 20º mês seguido

Pixabay
A demanda da aviação comercial nacional cresceu em outubro, tanto no doméstico (3,29%) quanto no internacional (15,33%). Relatório divulgado pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) mostra que a indústria tem respondido positivamente nos últimos 20 meses, se aproximando de recorde da série histórica doméstica para esse mês

No período em questão, o crescimento de 3,29% na demanda do doméstico (medida em RPK) foi acompanhado de uma ampliação em 5,63% em oferta (em ASK). Por conta da leve dissonância, o fator de aproveitamento das operações recuou em 1,85 ponto percentual, fechando o mês em 81,55%.

LEIA TAMBÉM:
Demanda aérea doméstica sobe 2,6% em setembro; inter cresce 16,2%

Ao todo, 7,9 milhões de passageiros foram transportados em operações regionais ao longo do mês – alta de 2,24% em relação aos resultados de 2017. Este ano marcou segunda melhor marca em oferta, demanda e volume de passageiros na série histórica doméstica para outubro. À frente de 2018 está somente o outubro de 2014.

A Gol liderou o mercado nacional em outubro, responsável por 34,28% dessas operações no mês. A aérea dirigida por Paulo Kakinoff é seguida de perto pela Latam Brasil (33,33%) e, na sequência, estão Azul (18,84%) e Avianca Brasil (13,55%).

Acumulado

No ano, a tendência de crescimento é reforçada. Novamente o aumento de oferta (4,95%) é levemente superior ao da demanda (4,39%), o que ocasiona em sensível baixa no aproveitamento das operações (-0,43%), que está em 80,86% até o momento em 2018.

Foram transportados 76,6 milhões de passageiros nos dez meses do ano. A marca é 3,44% superior ao registrado no mesmo período do ano passado – o que significa 2,5 milhões de viajantes a mais. O share do nacional entre janeiro e outubro é liderado por Gol (35,62%), seguido por Latam Brasil (32,01%), Azul (18,72%) e Avianca Brasil (13,65%).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA