EMPRESAS

Juiz dá à Avianca Brasil posse de aviões até abril


O vice-presidente da Avianca Brasil, Alberto Weisser, que está em contato constante com as lideranças do trade
O vice-presidente da Avianca Brasil, Alberto Weisser, que está em contato constante com as lideranças do trade

Em uma nova decisão publicada na noite de hoje, o juiz Tiago Henrique Papaterra Limongi, da primeira 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, prorrogou até a primeira quinzena de abril as ações judiciais e medidas administrativas contra a Avianca Brasil por parte dos seus credores (arrendadores de aeronaves). O novo prazo da companhia aérea se encerrará na data da assembleia geral de credores, que acontecerá no mesmo período, porém ainda sem data definida.

LEIA TAMBÉM: Juiz dá mais prazo para aviões da Avianca Brasil

Ainda segundo a decisão, o juiz revelou que a Avianca Brasil assinou, como forma de garantir a continuidade de seus negócios, um termo de compromisso para obtenção, junto a credores, de financiamento de aproximadamente US$ 75 milhões.

Em nota, a Avianca Brasil confirma a prorrogação e diz que sua frota segue protegida e nenhuma medida - incluindo reintegração de posse - poderá ser adotada. Leia abaixo na íntegra:

"A Avianca Brasil informa que a tutela de suas aeronaves foi prorrogada até a Assemblea Geral dos Credores, que deve acontecer na primeira quinzena de abril de 2019. Ou seja, a frota segue protegida e nenhuma medida - como reintegração de posse, por exemplo - pode ser adotada. Assim, a companhia segue transportando seus milhares de passageiros e atendendo a todos com a excelência de sempre.

A empresa reitera que está totalmente focada em garantir a continuidade de suas operações, a sustentabilidade do negócio e o plano de Recuperação Judicial."

TRADE
Alberto Weisser está em contato diário com as lideranças do trade para mostrar os índices de pontualidade e regularidade da empresa, como o processo está andando e os próximos passos. Weisser ontem esteve na reunião da Abracorp, em São Paulo, e esta semana também já se reuniu com a Airtkt e a Alagev. Segundo ele, os voos estão saindo normalmente, as vendas estão bem, com recordes nos primeiros dias dessa semana.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora