EMPRESAS

Virgin Australia tem novo CEO para o lugar de John Borghetti

A Virgin Australia já tem o nome de quem vai assumir o comando da empresa a partir de 25 de março, quando o CEO John Borghetti deixará o cargo que ocupa desde 2010. Trata-se de Paul Scurrah, ex-CEO da DP World, maior operadora de portos do país.

Scott Barbour/Stringer
John Borghetti, CEO da Virgin Australia, e Richard Branson, fundador do Grupo Virgin
John Borghetti, CEO da Virgin Australia, e Richard Branson, fundador do Grupo Virgin
“Scurrah é um líder empresarial altamente respeitado na Austrália e conta com fortes credenciais quando à liderança. Sua experiência em transportes e logística foi considerada de extrema relevância para torná-lo o candidato ideal para a vaga. Com ele na liderança, consolidaremos as conquistas do grupo e continuaremos a ganhar força para o futuro”, declarou a presidente do conselho da Virgin, Elizabeth Bryan.

Antes de chegar à DP World, Scurrah trabalhou em empresas como Qantas, American Express, Queensland Rail, Asian Terminals e Aurizon, além de ter assumido cargos em entidades como a Federação Australiana de Agentes de Viagens (AFTA) e a Australian Tourism Data Warehouse (ATDW). Ele também faz parte da diretoria do Gold Coast Football Club.

De acordo com a companhia aérea australiana, a vaga gerou interesse de executivos de diversos países. O CEO da Hawaiian Airlines, Mark Dunkerley, chegou até a ser cogitado para a posição pela imprensa especializada nacional, assim como os diretores Rob Sharp e Merren McArthur, que seriam soluções caseiras, uma fez que já fazem parte da Virgin.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA